Feridas

Míriam Marçal
Mind Map by Míriam Marçal, updated more than 1 year ago
Míriam Marçal
Created by Míriam Marçal over 3 years ago
8
0

Description

Mapa Mental sobre Curativos, criado por Míriam Marçal em 18-10-2016.
Tags

Resource summary

Feridas
1 ruptura da arquitetura e a perda da função normal da pele
2 Cicatrização
2.1 Necessita de -Leito vascularizado -Ambiente Úmido -Estar livre de tecido desvitalizado e infecção
3 Curativo
3.1 Finalidades
3.1.1 Ser Antisséptico Oclusivo Compressivo
3.1.2 Eliminar espaço vazio Prevenir supercrescimento bacteriano Garantir equilibrio de líquidos
3.1.3 Ser custo-eficiente e Viável para o paciente e para a equipe de saúde
3.1.4 Auxiliar na hemostasia
3.1.5 Absorver secreções
3.1.5.1 Excesso de exsudato
3.1.6 Proteger de traumas mecânicos
3.1.7 Evitar traumas sobre a ferida
3.1.8 Manter o ambiente úmido
3.1.9 Proteger contra infecções
3.1.10 Previnir/diminuir espaço vazio
3.1.11 Diminuir a dor
3.1.12 Conforto psicológico para o paciente
3.1.13 Ser impermeável à bactérias
3.1.14 Não causar traumas ao ser retirado
3.1.15 Manter a ferida limpa
3.1.16 Ser isento de partículas
3.1.17 Permitir troca gasosa
3.1.18 Fornecer isolamento térmico
3.2 Classificação
3.2.1 Habilidade de reter água
3.2.1.1 Abertos
3.2.1.1.1 Gaze é umedecida em solução salina antes de ser colocada na ferida
3.2.1.2 Semiabertos
3.2.1.2.1 A gaze é impregnada com camada fina de petróleo ou parafina. São baratos e de fácil aplicação
3.2.1.3 Semioclusivos
3.2.1.3.1 Têm propriedade oclusiva, de absorção e bacteriostática. São os filmes, espumas, alginatos. hidrocoloides e hidrogeis
3.2.2 Mecanismo de ação
3.2.2.1 Passivos
3.2.2.1.1 Produtos que protegem e cobrem as feridas
3.2.2.1.1.1 Ex: algodão, gazes, esparadrapos, micropore e fitas cirúrgicas
3.2.2.2 Interativos ou hidroativos
3.2.2.2.1 Mantêm p microambiente propício para cura
3.2.2.2.1.1 Ex: Películas e espumas polimerizadas, polímeros fibrosos e partículas, hidrogéis e hidrocolóides
3.2.2.3 Bioativos
3.2.2.3.1 Fornecem e estimulam a liberação de substâncias ativas durante o processo de cura
3.2.2.3.1.1 Ex: Alginatos de cálcio, hidrogéis e hidrocolóides
3.3 Exemplos
3.3.1 Filmes Transparentes
3.3.1.1 Não têm capacidade absortiva, e por isso não devem ser usados em feridas exsudativas/ infectadas. Propiciam ambiente úmido
3.3.2 Esponjas
3.3.2.1 Têm uma camada hidrofílica, em contato com a ferida, e uma camada hidrofóbica para evitar vazamento e contaminação da ferida
3.3.2.1.1 Para feridas com tecido de granulação e com alguma exsudação.
3.3.3 Alginatos
3.3.3.1 Sua estrutura fibrosa absorve supuração e a transforma em gel. Curativo interativo.
3.3.3.1.1 Para feridas exsudativas com ou sem sangramento, e com perda tecidual parcial ou profunda.
3.3.3.1.2 Antes deve-se lavar com SF. Trocar a cada 3-4 d. Se usar com gaze ou compressa, > freq. de trocas.
3.3.4 Hidrocoloides
3.3.4.1 Curativos interativos que absorvem a exsudação e a transforma em gel. Absorve pouco a moderado(principalmente) exsudato.
3.3.4.1.1 Seu gel hidrofílico mantém o ambiente úmido.
3.3.4.1.1.1 Promove isolamento térmico e deve ser trocado em até 5 d, ou quando houver extravasamento de gel ou descolamento das bordas
3.3.5 Hidrogeis
3.3.5.1 Controla a dor. Desbridamento autolítico.
3.3.5.1.1 Não absorve.
3.3.5.1.1.1 Para feridas secas, necrose, perda tecidual
3.3.5.1.1.1.1 Procar 1-2x/d.
3.3.5.1.1.1.1.1 Placa pode ser recortada e associada com outras coberturas
3.3.5.1.1.1.2 CI: feridas secas
3.3.6 Carvão ativado com prata
3.3.6.1 Aborve excesso de exsudato
3.3.6.1.1 Retém e inativa bactérias
3.3.6.1.1.1 Diminui odor pela ação da prta
3.3.6.2 CI: feridas com pouco exsudato. sangue, perda superf. tecido, feridas recobertas por escara
3.3.7 Hidroativo: gel + esponja
4 Cuidados
4.1 Desbridamento
4.1.1 Usar solução salina 0,9 para remover material solto
5 Agentes Tópicos
5.1 Água Oxigenada 3% --> uso restrito
5.2 Iodo (Solução aquosa ou alco´´olica PVPI 10%)
5.3 Sulfadiazina de prata
5.4 Permanganato de K
5.5 Clorexidina
5.5.1 Usada em pele e em soluções de higiene oral
5.6 Cetrimida
5.6.1 Para limpeza inicial de feridas traumáticas e remoção de crostas
5.7 Proflavina
5.7.1 Creme aquoso que NÃO tem efeito contra bactérias
5.8 Hipoclorito de Sódio
5.8.1 Em desuso. Dakin é o mais conhecido.
6 Antimicorbianos
6.1 Para feridas infectadas e presença de sinais clínicos de infecção local
6.1.1 ATB sistêmicos são escolha
7 Tinturas
7.1 Violeta de Genciana
7.1.1 Adstringente. Pode ser carcinogênica se usada em membranas mucosas e em feridas abertas
7.2 Mercurocromo
7.2.1 Hemostasia e fungistática. Pode provocar anemia aplásica e anafilaxia
7.3 Verde Brilhante
7.3.1 Para remoção de tecidos desvitalizados. Contudo, retarda muito a granulação
Show full summary Hide full summary

Similar

Spanish: Grammar 3.2
Selam H
AQA GCSE Biology B1 unit 1
Olivia Phillips
GCSE REVISION TIMETABLE
haameem1999
AQA GCSE Product Design Questions
Bella Statham
The GoConqr Guide to End of Term Exams
Sarah Egan
Planeación estratégica
FAYZULY FREILE RIVERA ESTUDIANTE
Planificacion urbana y actores sociales
Pepe Flores
Abordaje investigativo en la adminitración
Yose Torres
mi mapa conceptual
Brisa Jimenez Robles
La estadistica, mapa conceptual
Aury Bustamante
Periodismo radiofónico
Carlos Guerrero