TROVADORISMO

Denise Teófilo
Mind Map by , created over 5 years ago

Literatura

924
50
0
Denise Teófilo
Created by Denise Teófilo over 5 years ago
Quinhentismo
Isadora Borges
Mapa conceitual - Parnasianismo no Brasil
Letícia Freato
De quem é a frase?
Liciane Brun
Plant and animal cells
charlotteireland
CHEMISTRY CORE REVISION
Sausan Saleh
Características do Trovadorismo
gvitoriaaraujp12
Trovadorismo
Júlia Brito
Gêneros Literários
Larissa Borela
Literatura - Escolas Literárias
Amanda Destro
LITERATURA: ROMANTISMO (INTRODUÇÃO)
jhonathannicolas
TROVADORISMO
1 Contexto Histórico
1.1 Portugal

Annotations:

  • Estado Nacional Absolutista
1.1.1 Idade Média
1.1.1.1 Feudalismo
1.1.1.1.1 Vassalagem
1.1.1.1.1.1 Submissão
1.1.1.2 Igreja
1.1.1.2.1 Teocentrismo
1.1.1.2.1.1 Submissão
2 Características
2.1 Temas
2.1.1 apelos amorosos
2.1.2 Paixões não correspondidas
2.1.3 Sátiras
2.2 Trovadores

Annotations:

  • Na maioria nobres que faziam "TROVAS", composições que aliavam a poesia à música)
2.2.1 Cantigas
2.3 Música + Poesia
3 1198(?) - 1434

Attachments:

4 Poesia Trovadoresca/Provençal

Annotations:

  • Provençal, porque teve origem na região de Provença, na França.
4.1 Cantiga de Amigo

Annotations:

  • Ai flores, ai flores do verde pino, se sabedes novas do meu amigo! Ai Deus, e u é? Ai, flores, ai flores do verde ramo, se sabedes novas do meu amado!Ai Deus, e u é? Se sabedes novas do meu amigo,aquel que mentiu do que pos comigo! Ai Deus, e u é?
4.1.1 eu-lírico FEMININO

Annotations:

  • o trovador expressa suas emoções da mulher, como se falasse por ela.
4.1.2 retrata o cotidiano - familiar e rural
4.1.3 "apelos amorosos"
4.1.3.1 temas
4.1.3.1.1 Albas

Annotations:

  • cantigas que saúdamo nascer do sol.
4.1.3.1.2 Serenas

Annotations:

  • cantigas que louvam o poente
4.1.3.1.3 Barcarolas

Annotations:

  • dramas do mar
4.1.3.1.4 Bailadas

Annotations:

  • que retratam as danças
4.1.3.1.5 Romarias

Annotations:

  • comemorações religiosas
4.1.4 Representante

Annotations:

  • D.Diniz
4.2 Cantiga de Amor

Annotations:

  • No mundo non me sei parelha, mentre me for' como me vai, ca ja moiro por vós - e ai! mia senhor branca e vermelha, Queredes que vos retraia quando vos eu vi em saia! Mao dia me levantei, que vos enton non vi fea!
4.2.1 Retrata a vida da corte
4.2.2 eu-lírico MASCULINO
4.2.3 Coita d'amor

Annotations:

  • Sofrimento de um homem por um amor não correspondido de uma mulher.
4.2.3.1 "Paixões não correspondidas"

Annotations:

  • "mulher um ser idealizado, superior, inatingível."
4.2.4 "Mia senhor"

Annotations:

  • expressões como "Mia senhor", "mia dona", "fremosa dona", são frequentes, pois ocultam a identidade da amada
4.2.5 Respresentante

Annotations:

  • Paio Soares de Traveiróz
4.3 SATÍRICAS
4.3.1 Cantiga de Escárnio

Annotations:

  • Ai, dona fea! Foste-vos queixar que vos nunca louv'en meu trobar; mas ora quero fazer um cantar en que vos loarei toda via; e vedes como vos quero loar: dona fea, velha e sandia!
4.3.1.1 Crítica INDIRETA
4.3.1.1.1 Crítica subentendida
4.3.1.1.1.1 ambiguidade e ironia
4.3.1.2 Representante

Annotations:

  • João Garcia de Guilhade
4.3.2 Cantiga de Maldizer

Annotations:

  • Martim jogral, que defeita, sempre convosco se deita vossa mulher! Vedes-me andar suspirando; e vós deitado, gozando vossa mulher! Do meu mal não vos doeis; morro eu e vós fodeis vossa mulher!
4.3.2.1 Crítica DIRETA
4.3.2.1.1 Cita o nome do criticado
4.3.2.1.2 nobres decadentes
5 Prosa Trovadoresca
5.1 Hagiografia

Annotations:

  • retratava a vida e milagres de santos católicos.
5.2 Livros deLinhagem

Annotations:

  • Relatos de casamentos e nascimentos de fidalgos.
5.3 Cronicões

Annotations:

  • Crônicas da vida na corte.
5.4 Novelas da Cavalaria

Annotations:

  • Histórias de grandes batalhas e heróis, de fora de Portugal.

Media attachments