ARTE GÓTICA

Tailan Paixão
Mind Map by Tailan Paixão, updated more than 1 year ago
Tailan Paixão
Created by Tailan Paixão over 3 years ago
15
0

Description

Trabalho de escola, da matéria artes
Tags

Resource summary

ARTE GÓTICA
1 No século XII tem início uma economia fundamentada no comércio. Com consequências, o centro da vida social se desloca para a cidade e surge uma nova classe social: a burguesia urbana. Novamente, a cidade é o centro da renovação dos conhecimentos, da arte e da própria organização social.
1.1 ARQUITETURA: no começo do século XII, uma nova arquitetura foi foi ganhando espaço. No século XVI, os estudiosos começaram a chamá-la, desdenhosamente de gótica. Mais tarde, o nome gótico perdeu seu caráter depreciativo e ficou definitivamente ligada à arquitetura caracterizada pelos arcos ogivais.
1.1.1 Essas maneiras inovadoras de construir apareceu pela primeira vez na França, por volta de 1140, na edificação da abadia de Saint-Denis. A primeira diferença notória entre uma igreja gótica e românica é a fachada. Na fachada de abadia de Saint-Denis, os portais laterais são continuados por altas torres. O portal central tem, acima dos frisos que emolduram o tímpano, uma grande janela, sobre a qual há outra, redonda, chamada rosácea.
1.1.1.1 Os pilares, chamados tecnicamente de "suportes de apoio", foram outo recurso arquitetônico do estilo gótico. Dispostos em espaços regulares, dispensaram paredes grossas para sustentar a estrutura. A consequência estética mais importante desse novo ponto de apoio da construção foi a substituição das sólidas paredes com janelas estreitas, do estilo românico, pela combinação de pequenas áreas de parede com grandes áreas preenchidas por vidros coloridos e trabalhados, chamados vitrais
1.1.1.1.1 Em 1160, iniciou-se a construção da catedral de Norte-Dante de Paris, uma das maiores igrejas góticas do mundo, que introduziu um novo recurso técnico: o arcobotante (o arcobotante é uma peça em forma de arco que transmite a pressão de uma abóbadas da parte superior de uma parede para os contrafortes externos. Isso possibilitou que as paredes laterais não tivessem mais a função de sustentar as abóbadas. Assim, o edifício gótico pôde abusar do emprego das grandes aberturas preenchidas com belíssimos vitrais.
1.1.1.1.1.1 No século XV, o estilo gótico deixou de ser exclusivos dos edifícios religiosos e chegou às residências, como a palácio conhecido como Ca'd'Oro.
2 ESCULTURA: de modo geral, a escultura gótica estava associada à arquitetura. Nos tímpanos dos portais, nos umbrais ou no interior das grandes igrejas, os trabalhos de escultura enriqueciam as construções e documentavam, na pedra, os aspectos da vida humana mais valorizados da época.
2.1 Destacasse , como por exemplo, duas esculturas que ornamentam igrejas alemãs: Cavaleiro e Nobre Uta. Cavaleiro se destaca pelo vigor revelado e o equilíbrio na composição do volume do corpo do cavalo e do cavaleiro medieval. Do ponto de vista temático, a escultura revela a cultura da cavaleria medieval, organização que estabeleceu uma nova estrutura social. Nobre Uta impressiona pela naturalidade: com a mão direita, apenas sugerida sob a veste, a figura feminina parece aconchegar ao rosto a gola da capa. Plenamente identificada com as tendências da naturalista da época.
2.1.1 No século XIII, encontramos algumas esculturas de autoria identificada. É o caso dos trabalhos escultóricos de Giovanni Pisano (c.1245-1315). Entre muitas de suas obras, despertam especial interesse os baixos-relevos do púlpito da igreja de Santo André, em Pistoia, na Itália. Entre os baixos-relevos do púlpitos, a cena da crucificação, esculpida entre outras cebas religiosas, comunica ao observador, com intensidade dramática, os sentimentos de dor e sofrimento
2.1.1.1 Do século XII até o século XV, a arte desenvolveu-se também nos objetos preciosos - feitos de marfim, ouro, prata e decorados com esmalte- e nos ricos manuscritos ilustrados. Um exemplo de manuscrito medieval ilustrado é p Saltério de Ingeborg, que data de, aproximadamente, 1195. Seu nome está relacionado a seu conteúdo - uma coletânea de salmo - e ao nome da princesa Ingerborg, da Dinamarca.
2.1.1.1.1 Foi comum também nessa época a produção da chamada Bíblia moralizada, diferente das demais por apresentar apenas passagens dos textos sagrados acompanhadas de muitas ilustrações. A bíblia de Toledo é um exemplo. Em geral, suas páginas estão divididas em quatro colunas, duas de texto e duas de ilustrações.
3 PINTURA: a pintura gótica desenvolveu-se nos séculos XIII< XIV e início do século XV, quando começou a ganhar aspectos que prenunciavam o Renascimento. Sua principal característica foi a procura do realismo na representação das figuras. No século XIII, o pintos maus importante foi Cenni di Pepo (c. 1240-1302), conhecido como Cimabue. Em seu trabalho ainda há a influência dos mosaicos e ícones bizantinos, mas já podemos notar a preocupação com o realismo ao representar figuras humanas. Suas obras mais importantes foram feitas para igreja de São Francisco, em Assis, Itália.
3.1 Outro pintor importante do período é Giotto di Bondane, conhecido como Giotto (c. 1266-1337), Conta-se que nasceu e morreu em Florença. A maior parte das obras de Gitto foi de afrescos que decoraram igrejas. Entre elas, A pré-dica diante de Honório III, para a igreja de São Francisco, Em Assis, e O juízo final, para a capela dos Scrovegni, em Pádua.
3.1.1 A principal característica da pintura de Giotto foi a representação da figura dos santos com a aparência de pessoas comuns. Esses santos eram os elementos mais importantes das cenas pintadas e ocupavam sempre posições de destaque.
3.1.1.1 Um políptico famoso é o Retábulo do cordeiro místico, feito entre 1426 e 1432 pelos irmãos Van Eyck. Nesse retábulo é possível observar a influência da arte da ilustração dos manuscrito> é evidente a intenção detalhista, por exemplo, nas roupas das figuras, nos adornos das cabeças ou dos elementos da natureza. As conquistas realizadas pelos irmãos Van Eyck. permitem afirmar que suas obas inauguraram a fase renascentista da pintura flamenga.
Show full summary Hide full summary

Similar

RENASCIMENTO CULTURAL
Lucas Villar
Arte do Renascimento Séc.XV - XVI
paulaqueiroz
Vanguardas EUROPEIAS
Beliangel_juh
Síntese da Arte Rupestre
Sandra Barros
Arte Gótica
Martina L.
Arte Românica
Lisiane Santiago
História da Arte
GoConqr suporte .
História da Arte
GoConqr suporte .
Movimentos Vanguardistas
Fatima Bessa
História da Arte: Impressionismo
carlanardesbis
História da Arte - Barroco
Bruno Torrezan