Entenda o que é o ensino híbrido e como colocá-lo em prática

Marcos Lopes
Note by Marcos Lopes, updated more than 1 year ago
Marcos Lopes
Created by Marcos Lopes over 5 years ago
20
2

Description

GEATUE Cultura Digital na Rede Pública (O que é Ensino Híbrido?) Note on Entenda o que é o ensino híbrido e como colocá-lo em prática, created by Marcos Lopes on 11/17/2015.

Resource summary

Page 1

Novembro/2014Especial Tecnologia | Edição 211 Entenda o que é o ensino híbrido e como colocá-lo em prática Método busca a personalização do ensino ao alternar momentos em que o aluno estuda sozinho, em ambientes virtuais, e em grupo Paula Ribeiro e Luciana Zenti O que é: também chamado de blended learning, o método alterna momentos em que o aluno estuda sozinho - em geral em ambiente virtual - e em grupo, quando interage com seus colegas e o professor. "O cerne é a personalização do ensino. Buscamos diferentes ferramentas - não somente as tecnológicas - para suprir as necessidades do aluno contemporâneo", explica Adolfo Tanzi Neto, consultor pedagógico e de pesquisas da Fundação Lemann. Como fazer: há diversas maneiras de adotar o ensino híbrido. Um recurso que vem sendo bastante usado é a rotação. O professor divide a sala de aula em várias estações com atividades diferentes, mas que se complementam. Pelo menos uma delas propõe o uso de plataforma digital. O aluno deve passar por todas as estações ao longo da aprendizagem de determinado conteúdo. "Ele deve ser protagonista e buscar o conhecimento segundo seus próprios interesses", explica Ailton Luiz Camargo, professor de história do Colégio Objetivo Sorocaba e da rede municipal de Iperó (SP). Nesse sentido, o professor também deve assumir um novo papel. "Ele deixa de ser a primeira fonte de informação e conhecimento e passa a ser o mentor que guia a aprendizagem dos alunos", diz Mario Junior Mangabeira, coordenador da gerência de formação do projeto Educopédia. Dificuldades: para quem co­meça a trabalhar com o ensino híbrido, há dois grandes desafios: a falta de ferramentas tecnológicas educacionais adaptativas em português - a maior parte está disponível apenas em inglês - e a limitação de escolas conectadas à internet. De acordo com o Censo Escolar, apenas 50% delas têm acesso à internet. Para Adolfo, no entanto, esse não deve ser um impedimento, já que o ensino híbrido vai muito além da tecnologia. "Podemos começar a mudar os espaços dentro da sala de aula, o papel do professor e incentivar a autonomia para uma aprendizagem mais personalizada do aluno, sem tecnologias digitais." Mario lembra também que o sucesso da aplicação do ensino híbrido envolve a mudança nos currículos e referenciais, na organização do tempo e do espaço escolar e nos equipamentos disponíveis na sala de aula. Na prática: o Colégio Dante Alighieri, em São Paulo (SP), é uma das escolas participantes do projeto Ensino Híbrido, realizado pela Fundação Lemann. O Dante utiliza o aplicativo Mindjet, cuja proposta dos professores em utilizá-lo para incentivar os alunos a trabalhar, dentro e fora de sala de aula, com mapas mentais resultou na obtenção do título Apple Distinguished Education (ADE). O pensamento é organizado a partir de palavras-chave e recursos como imagens e vídeos. A base do projeto é o conceito de sala de aula invertida (que integra o conceito de ensino híbrido), em que o aluno é estimulado a ter um conhecimento prévio do assunto antes da explicação do professor. O resultado do projeto da Fundação Lemann deve ser divulgado em 2015 em uma plataforma gratuita onde será possível acessar dicas práticas e fundamentações teóricas.

Show full summary Hide full summary

Similar

Realidad De Nuestra Identidad Cultural
53831
Biology B2.2
Jade Allatt
GCSE Maths Symbols, Equations & Formulae
livvy_hurrell
GCSE Combined Science
Derek Cumberbatch
1PR101 2.test - Část 2.
Nikola Truong
Ciclos biogeoquimicos
Michell Reyes
VIAJES DE EXPLORACIÓN
Maverick MVP
FACTORES QUE INTERVIENEN EN EL PROCESO DE APRENDIZAJE
George Edward Vilchez Quichua
BASES EPISTEMOLOGICAS
alba yolanda gonzalez florez
Reto 2 Apropiacion Unadista
Lilibeth Polo Porto
TRANSCRIPCIÓN
Carlos Arroyo