Questões mais cobradas

Kellen Kuramoto
Note by , created over 3 years ago

Aula SUS

64
3
0
Kellen Kuramoto
Created by Kellen Kuramoto over 3 years ago
Questões SUS - ANVISA
Thiago Ferreira
Improbidade Administrativa - Lei 8429/92 - Art. 10
Suzy Nobre
Direitos Humanos
lb.roberto
B1 Revision
OmaimaE
Rivers GCSE WJEC
Eleanor Monk
SUS - Lei 8080 editando
leticia coutinho
LEI 8080
Camila Costa
Principais temas para estudar em Biologia
GoConqr suporte .
Principais temas para estudar em Biologia
Marina Faria
Sistema Único de Saúde- SUS
eliana_belem

Page 1

Esquemão da aprovação para concursoArtigos mais cobrados nas provas Na constituição Federal as partes mais cobradas são os artigos 196 ao 200Sendo o Art 200 o mais cobrado, seguido do 198P Participação da comunidadeA Assistência integralD DescentralizaçãoA lei 8.080/90 (Lei orgânica da saúde)Regulamenta o SUSOs artigos mais cobrados é o art 3º fatores condicionantesO art 5º Objetivos do SUSO art 6º Campo de atuação do SUS os 3 § também são muitos cobrados. VS(Vigilância sanitária), VE(Vigilância Epidemiológica) e ST(saúde do trabalhador)Art estrelinha de repetição nas provas. Art 7º Pois trás os princípios e diretrizes do SUSExpressões e conceitos importantes:O que são os chamados consórcios intermunicipais administrativo? Encontra-se no art 10O que são os distritos de saúde? art 10 § 2ºO que são comissões intersetoriais ? art 13Comissões= ReuniõesInter= vários, setoriais= setoresO que são comissões permanentes de integração? art 14Comissões bipartide e tripartide? art 14 a Competências -> São 4 dentro da lei 8.080/90competências comuns-> Referente a todos os orgãos art 15Da união art 16Dos estados art 17Dos municípios art 18Chamados Sub-sistemas do SUS,

Page 2

O estado sozinho é representado como República Federativa do Brasil.Por exemplo: O estado de Goiás (estado-membro) faz parte da Federação.Nós povo, formamos nosso estado brasileiro. Nós nos comprometemos a pagar os impostos e queremos que o estado devolva os imposto que pagamos com a prestação de serviços. Isso é um dever. Art 6° da CF Abrange os direitos sociais.Direito à saúde no Brasil:- Brasil colônia (1500-1889)Falta total de saneamento básico (esgoto)Existência de pouquíssimos médicosSaúde era exercida por curandeiros, índios e africanos.Pouquíssimos hospitais.-Brasil moderno (1987)Implantação do SUDS (Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde)O SUDS tratasse de um convênio do INAMPS com os governos estaduais e municipais, para a elaboração dos artigos 196 ao 200 da CFAntes da CF, ou seja, antes de 1988 só tinha direito a saúde quem tinha a carteira assinada.Depois de 1988, a saúde é um direito de todos e um dever do estado.-1990 o INAMPS foi incorporado pelo Ministério da Saúde Criação do SUS por meio da lei 8.080/90, chamada lei orgânica da saúde.Houve alguns vetos na lei 8.080/90 na parte de repasses financeiros, então no mesmo ano devido a manifestação e pressão dos profissionais da saúde eles criaram no mesmo ano a lei 8.142/90 (Na época do Collor) que veio complementar a lei 8.080/90, abordando a respeito do que foi vetado na lei 8.080/90, regulamentando os repasses do governo federal para os governos estaduais e municipais.

Tabela Antes do SUS Depois do SUSDireito legal de acesso a saúde somente trabalhadores formais, carteira assinada Direito de todos os cidadãos (Universalidade)Modelo assistencial Apenas curativo, Focava apenas a pessoa, modelo individual Integralidade (Preventivo/Curativo)Gestão Ministério da previdência social. Governo Federal Descentralizado (Gov. Fed. Gov. Est. e Gov. Munic.)Natureza dos prestadores Setor Privado Setor Público e controle socialEquidade Só quem ia buscar a saúde Saúde com justiça social, os assistentes de saúde vão até as pessoas.

Constituição federal : SaúdeA saúde é um direito social de segunda geraçãoDireito de primeira geração : Que o estado não pode interferi. Art 5° da CF de segunda geração: Que o estado deve promover. Art 6° da CF de terceira geração: Solidariedade entre os povos. A saúde é um direito positivoDireito positivo: O estado deve promoverDireito negativo: O estado não deve promoverArt 196 Saúde é um direito de todos e um dever do estado.Direito de todosDever do estado Forma gratuita Forma integral Forma universal Forma equânime Princípios:I. da UniversalidadeO sistema deve garantir a atenção a saúde a todo e qualquer cidadão, independentemente do nível econômico ou de característica pessoais.A saúde deve ser prestada de forma cega, não olhar quem está precisando da saúde, por ex. milionário chega no hospital público ele deve ser atendido.O sistema deve eliminar barreiras entre a saúde e a população, ex. Barco-hospital, carreta da saúde, vampirão do HEMOAM.II. da Equidade/IgualdadeSignifica diminuir as desigualdades, mas não de tratar todos de forma igual, cada cidadão deve ser tratado, considerando as suas peculiaridades individuais.(Igualdade) Os iguais de forma igual, os desiguais de forma desigual.dentro de cada grupo (homem, mulher, idoso, deficiente...)III. da IntegralidadeDiz respeito ao leque de ações possíveis:- Prevenção de doenças- Educação- Vigilância sanitária e ambiental- Ações epidemiológicas- Recuperação de enfermos- Tratamento de enfermos- Reabilitação de enfermosCom base no princípio da Integralidade que as pessoas entra na justiça e ganham açõesPois a saúde deve ser prestada por completo.Diretrizes do SUSSão os caminhos que o SUS vai ter que tomar- Participação da comunidade- Assistência integral- Descentralização I. Participação da comunidadeSignifica que a população através de entidades representativas devem participar do processo de formação das políticas de saúde e principalmente do controle em todos os níveis de governo.II Atendimento integralO SUS deve priorizar atividades PREVENTIVA sem deixar de lado medidas assistenciais (CURATIVAS)III. DescentralizaçãoSignifica a divisão de responsabilidades entre os governos federal, estadual e municipal, representados por nível de gestão distintos.Art 199 CF § 1°Para o SUS instituições privadas poderão participar do SUS de forma complementar, segundo diretrizes do PAD, para isso ela deverão assinar um contrato público ou convênio, só que elas terão preferência a entidades filantrópicas e sem fins lucrativos.Art 199 § 2°Vedação de dinheiro público para auxílios ou subvenções de instituições privadas. Dinheiro público não é para sustentar empresas privadas.Art 199 § 3°É vedada a participação de empresas estrangeiras na saúde do Brasil, salvo caso previsto em lei.Ex. projeto mais médicosArt 200Competências constitucionais do SUSO SUS deve manter VIGILÂNCIA em ALIMENTOS TÓXICOS para HUMANOS pois pela falta de SANEAMENTO BÁSICO irá contaminar o MEIO AMBIENTE, evitando maiores gastos com MEDICAMENTOS e DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO e TECNOLÓGICO.I. MEDICAMENTOSII. VIGILÂNCIAIII. HUMANOSIV. SANEAMENTO BÁSICOV. DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO e TECNOLÓGICOVI. ALIMENTOSVII. TÓXICOSVIII. MEIO AMBIENTE

Page 3

Lei orgânica da saúde8.080/90 Essa lei regula em todo o território nacional as ações de serviço de saúde executadas por todosConceito de saúde (OMS)Saúde é o completo bem estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença.Combate a Pobreza é questão de saúde assim como ações econômicas do Governo, ex : Bolsa família.Art 2° A saúde é direito de todos e dever do estadoPROMOÇÃO (Campanhas)Processo de capacitação da comunidade para atuar na melhoria da saúde e qualidade de vida.Ex. Alimentação saudável, práticas esportivas, programas anti-tabagismo, prevenção de acidentes de trânsito, desenvolvimento sustentável.PROTEÇÂO (Preventiva)Intervenções orientadas para evitaro surgimento de doenças específicas.Ex. Saneamento básico, Uso de equipamentos ocupacionais, proteção contra substâncias carcinogênicasRECUPERAÇÃO (Curativa)Ações que envolvem o diagnóstico e o tratamento de doenças e acidentes.Ex. Atendimento ambulatorial, atendimento de urgências e emergências e internações.