TROVADORISMO - Criado a partir de um Mapa Mental

Denise Teófilo
Note by Denise Teófilo, updated more than 1 year ago More Less
Denise Teófilo
Created by Denise Teófilo about 7 years ago
Denise Teófilo
Copied to Note by Denise Teófilo about 7 years ago
1154
4

Description

Literatura

Resource summary

Page 1

Contexto Histórico Portugal Idade Média Feudalismo Igreja Vassalagem Submissão Teocentrismo Submissão

Características Temas Trovadores Música + Poesia apelos amorosos Paixões não correspondidas Sátiras Cantigas

1198(?) - 1434

Poesia Trovadoresca/Provençal Cantiga de Amigo Cantiga de Amor SATÍRICAS eu-lírico FEMININO retrata o cotidiano - familiar e rural "apelos amorosos" Representante temas Albas Serenas Barcarolas Bailadas Romarias Retrata a vida da corte eu-lírico MASCULINO Coita d'amor "Mia senhor" Respresentante "Paixões não correspondidas" Cantiga de Escárnio Cantiga de Maldizer Crítica INDIRETA Representante Crítica subentendida ambiguidade e ironia Crítica DIRETA Cita o nome do criticado nobres decadentes

Prosa Trovadoresca Hagiografia Livros deLinhagem Cronicões Novelas da Cavalaria

Estado Nacional Absolutista

Na maioria nobres que faziam "TROVAS", composições que aliavam a poesia à música)

Provençal, porque teve origem na região de Provença, na França.

Ai flores, ai flores do verde pino, se sabedes novas do meu amigo! Ai Deus, e u é? Ai, flores, ai flores do verde ramo, se sabedes novas do meu amado!Ai Deus, e u é? Se sabedes novas do meu amigo,aquel que mentiu do que pos comigo! Ai Deus, e u é?

o trovador expressa suas emoções da mulher, como se falasse por ela.

cantigas que saúdamo nascer do sol.

cantigas que louvam o poente

dramas do mar

que retratam as danças

comemorações religiosas

No mundo non me sei parelha, mentre me for' como me vai, ca ja moiro por vós - e ai! mia senhor branca e vermelha, Queredes que vos retraia quando vos eu vi em saia! Mao dia me levantei, que vos enton non vi fea!

Sofrimento de um homem por um amor não correspondido de uma mulher.

"mulher um ser idealizado, superior, inatingível."

expressões como "Mia senhor", "mia dona", "fremosa dona", são frequentes, pois ocultam a identidade da amada

D.Diniz

Paio Soares de Traveiróz

Ai, dona fea! Foste-vos queixar que vos nunca louv'en meu trobar; mas ora quero fazer um cantar en que vos loarei toda via; e vedes como vos quero loar: dona fea, velha e sandia!

Martim jogral, que defeita, sempre convosco se deita vossa mulher! Vedes-me andar suspirando; e vós deitado, gozando vossa mulher! Do meu mal não vos doeis; morro eu e vós fodeis vossa mulher!

João Garcia de Guilhade

retratava a vida e milagres de santos católicos.

Relatos de casamentos e nascimentos de fidalgos.

Crônicas da vida na corte.

Histórias de grandes batalhas e heróis, de fora de Portugal.

TROVADORISMO

Anotações

Show full summary Hide full summary

Similar

Literatura Brasileira
Alessandra S.
Períodos literários brasileiros
GoConqr suporte .
Gêneros Literários
Larissa Borela
Literatura - Escolas Literárias
Amanda Destro
RESUMO DE LITERATURA (PARTE 1)
Ana Loss
LITERATURA: ROMANTISMO (INTRODUÇÃO)
jhonathannicolas
Quinhentismo
Isadora Borges
Mapa conceitual - Parnasianismo no Brasil
Letícia Freato
MODERNISMO NO BRASIL
Carlos Moreira
De quem é a frase?
Liciane Brun
Literatura - Escolas Literárias
Janderson Barroso