Resumo: Aula 6 – Fatores abióticos: umidade e salinidade

Ivan Pessanha
Note by , created over 2 years ago

Elementos de Ecologia e Conservação Note on Resumo: Aula 6 – Fatores abióticos: umidade e salinidade, created by Ivan Pessanha on 03/27/2017.

7
1
0
Ivan Pessanha
Created by Ivan Pessanha over 2 years ago
Ecologia I
kyungsos
Exercícios- Tipos de Reprodução
Andrea Barreto M
Mitose
igorlmgx
SAT Math Sample Questions
SAT Prep Group
An Inspector Calls: Characters
bexjrutherford
Resumo: Aula 5 – Fatores abióticos: luz e temperatura
Ivan Pessanha
Sistema Respiratório - Biologia
GoConqr suporte .
Sistemas do Corpo Humano
GoConqr suporte .
Glossário de Biologia
GoConqr suporte .
A Célula
Nathalia - GoConqr

Page 1

LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS – CEDERJ - UENF SEGUNDO PERÍODO DISCIPLINA: Elementos de Ecologia e Conservação Resumo: Aula 6 – Fatores abióticos: umidade e salinidade UMIDADE · Os organismos investem energia para se manterem longe do equilíbrio térmico com o meio. · A passagem de líquidos e substâncias através da membrana plasmática celular se chama osmose. · Pela capacidade de quebrar e dissolver diversos compostos, a água é conhecida como solvente universal. · A água é responsável por relativa estabilidade térmica das plantas, permitindo a absorção de considerável quantidade de radiação sem alterar consideravelmente a temperatura. · Por possuir um alto calor especifico, a água precisa absorver muita energia para aumentar sua temperatura, da mesma forma, precisa liberar muita energia para diminuir sua temperatura. · O calor específico é a quantidade de calor necessária para altera em 1ºC a temperatura de uma substância química. · A tensão superficial da água é obtida pela força de ligação de suas moléculas. · As principais relações hídricas nas plantas envolvem: · Água de hidratação: gira em torno de 5 e 10% de toda água da célula. · Água de estoque: encontra-se no interior dos compartimentos celulares que são reservatório de soluções. · Água intersticial: meio de transporte nos espaços intracelulares · Água vascular: meio de transporte de elementos condutores dos tecidos. · Os processos básicos do balanço hídrico das plantas são a transpiração, absorção e transporte de água das raízes até as superfícies transpirantes. · A perda de água pelas plantas pode ocorrer por vapor (transpiração) e sob forma líquida (gutação) · A temperatura e a umidade relativa do ar são duas influências diretas no processo de transpiração. · A umidade absoluta é a quantidade de água no ar e a umidade relativa é a quantidade rela de vapor d'água presente no ar comparada quando o mesmo está totalmente saturado. · A evotranspiração é considerada um subsídio de energia. · Subsídio de energia é qualquer fonte que não a solar, que reduza o custo de automanutenção interna do ecossistema. SALINIDADE · A salinidade pode ser definida como a concentração de sais em determinada quantidade de líquido, normalmente a água. · A difusão e a osmose são dois processos passivos por não haver gasto de energia. · Osmose é o fenômeno em que ocorre difusão de água em maior quantidade da solução hipotônica para a hipertônica, através de uma membrana semipermeável. · A retenção de íons é crítica para organismos terrestres e de água doce, e isto é feito com gasto de energia. · Os animais terrestres adquirem íons da água que bebem e dos alimentos, mas devido a deficiência de sódio, é necessário usar fontes minerais como as salinas, de onde vem o sal de cozinha. · As plantas absorvem os íons da água do solo pelas suas raízes. No entanto, em ambientes salinos bombeiam o excesso de volta, funcionando as raízes como os rins dos animais. Em situações extremas, as plantas secretam o excesso de sal pelas folhas, como ocorre nos manguezais. · Os sais no ambiente podem ser advindos de duas fontes: erosão de rochas e deposição do material atmosférico. · A de deposição de sal a distância feita pelo vento é chamada de salsugem. · A atividade de irrigação de cultivos em escala comercial contribui para a perda de produtividade do solo, devido a disponibilidade de sais após a evaporação desta água.