Novas Tecnologias e Metodologias na Educação: 5 aplicações – GoConqr

Onde o talento se desenvolve

Novas Tecnologias e Metodologias na Educação: 5 aplicações

No segundo artigo da série exclusiva de GoConqr com professores especialistas em Educação, Aprendizagem e Tecnologia, o professor e consultor em Tecnologia Educacional, Carlos Sanches aponta 5 tendências do setor da educação neste ano. Em comum, o uso de novas metodologias de ensino com aplicação das novas tecnologias.

novas tecnologias

Por Carlos Sanches

Um dos principais desafios, especificamente em relação à educação brasileira em 2016, a meu ver, será a aprovação da proposta de uma Base Nacional Curricular Comum – BNCC. Para que ela represente um avanço, de fato, seus conteúdos deverão ter relação com a vida dos alunos, com a sociedade contemporânea – devendo ser, portanto, atualizada periodicamente – e com conhecimentos que realmente os preparem para a vida presente e futura, relacionando-os com as competências e habilidades necessárias para o século 21, entre outros fatores.

Quanto às tendências e inovações em nível mundial, tanto no campo das metodologias de ensino como no das ferramentas tecnológicas digitais, eu elencaria 5 principais.

1. Aprendizagem Baseada em Problemas

A ABP, embora não seja novidade, ainda é pouco utilizada pelas escolas de um modo geral – principalmente no Brasil -, seja por falta de um conhecimento mais profundo da metodologia, seja por insegurança na aplicação de um método muito diferente do tradicional e, nesse sentido, disruptivo.

Porém, a procura por informações e literatura a respeito, por parte dos educadores, tem crescido de modo significativo, assim como o número de experiências realizadas por escolas da educação básica e no ensino superior. Portanto, creio que deve haver algum crescimento da aplicação da ABP esse ano, inclusive na EAD – Educação à Distância.

Confira o conjunto de Slides criado em GoConqr:

2. Curadoria da informação

Mais do que uma tendência, é fundamental. Segundo o relatório Megatendências Mundiais 2030 do Ipea – Fundação pública vinculada à Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República do Brasil -, publicado em 2015, teremos um volume de informação digital em 2016 da ordem de dezenas de milhares de exabytes (1018 bytes).

Nesse sentido, especialistas estimam que produzimos, na última década, mais informação que em 5 mil anos! Diante de tanta informação disponível, principalmente na rede mundial de computadores e dispositivos correlatos, torna-se extremamente importante a habilidade de se saber filtrá-la de acordo com o que se deseja acessar.

 3. Gamificação

Esse método tem se mostrado eficaz na educação corporativa. Além disso, ela já está em um nível interessante de amadurecimento no mundo. Nessa perspectiva, temos, inclusive no Brasil, muitos profissionais qualificados nessa área. Creio que em 2016 esse tipo de abordagem deva atingir um patamar mais elevado.

Clique e confira o Mapa Mental interativo criado em GoConqr:

4. Ensino personalizado

O ensino personalizado tem, hoje, as condições que não tinha no passado de ser implantado de modo eficiente e eficaz. Ele sempre foi desejado, mas, na prática, era inviável.

Principalmente por conta das TDIC – Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação – isso é possível há algum tempo e o será ainda mais em 2016. A questão é como orientar o aprendiz a aproveitá-lo da melhor forma possível, tanto nas escolas como no estudo de forma autônoma.

5. Vídeos

Esse é um dos campos ao qual eu mais me dedico atualmente. Certamente, ouso afirmar, que eles continuarão a crescer de forma exponencial, como já ocorre hoje. A novidade estará na exploração e pesquisa da interatividade, de fato, muito além dos balões de notas ou links comuns que temos em muitos deles.

No momento, poucos softwares permitem que se produzam vídeos realmente interativos, mas eles tendem a aumentar a partir desse ano. Portanto, se preparar para saber produzi-los e utilizá-los de modo pedagógico torna-se relevante para os educadores que querem inovar nessa área.

Carlos Sanches

 

* Carlos Sanches é professor do Ensino Médio e de cursos Pré-vestibulares há 25 anos, formado pela USP, é consultor em Tecnologia Educacional e certificado pela Microsoft em “Teaching with Technology” além de administrar o site Tecnologia Educa Brasil.

 

Sobre GoConqr

GoConqrGoConqr é uma plataforma social de educação online que oferece, gratuitamente, ferramentas pedagógicas digitais para que professores e alunos trabalhem colaborativamente. Junte-se a mais de 2 milhões de usuários e crie, acesse, copie e edite Mapas Mentais, Flashcards, Slides, Notas e Quizzes.