HUMANIDADES

Lucas  Villar
Quiz by Lucas Villar, updated more than 1 year ago More Less
Lucas  Villar
Created by Lucas Villar about 3 years ago
124
0
0

Description

QUESTÕES DE HUMANIDADES PARA VOCÊ QUE ESTÁ SE PREPARANDO PARA OS VESTIBULARES EM 2016.

Resource summary

Question 1

Question
“Dos ricos é e foi fácil, desde a independência, o governo. Os pobres foram soldados, milicianos nacionais, votaram como o patrão mandou, lavraram a terra (...). Os pobres gozaram da gloriosa independência assim como os cavalos que em Chacabuco e Maipu avançaram contra as tropas do rei”. (Santiago Arcos. In: GALEANO, Eduardo. As caras e as máscaras. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.) O texto acima apresenta uma visão crítica da América Espanhola, a partir de sua independência política e refere-se ao fato:
Answer
  • A) de a independência da América Espanhola ter sido realizada sob a liderança da Inglaterra (“ricos”), tornando os colonos (“pobres”) simples massa de manobra.
  • B) de os pobres da América Espanhola não serem capazes de compreender o alcance do processo de independência.
  • C) de o processo de independência ter sido liderado pelos “criollos”, elite colonial sem maiores compromissos com a situação dos índios, negros e mestiços.
  • D) de os pobres da América Espanhola lutarem após a independência por uma revolução social que acabasse com sua exploração, tendo sido, porém, derrotados.
  • E) de a independência ter-se dado somente no campo político, já que a Espanha manteve a dominação econômica sobre as suas antigas colônias.

Question 2

Question
(UPE) No Brasil do século XIX, a escravidão esteve presente em todas as esferas da vida social. E, apesar da variabilidade que ela apresentava no que diz respeito à autonomia dos escravos, algumas práticas eram comuns tanto na zona rural quanto nas cidades, como demonstram as seguintes imagens: Com base nelas, analise as seguintes proposições:
Answer
  • I. Nos centros urbanos, a aplicação dos castigos se limitava aos espaços fechados.
  • II. Alguns castigos eram aplicados a escravos, independentemente de sexo e faixa etária.
  • III. Havia casos de escravos, embora poucos, que não sofriam agressão física.
  • IV. Em alguns casos, até ex-escravos fustigavam os cativos a mando do senhor.
  • V. Os castigos eram sempre praticados de forma indiscriminada e aleatória.

Question 3

Question
“(...) a biologia era essencial para uma ideologia burguesa teoricamente igualitária, pois deslocava a culpa das evidentes desigualdades humanas da sociedade para a natureza. Os pobres eram pobres por terem nascido inferiores”. (Hobsbawm, Eric. A era dos impérios. 5. ed. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, p. 351.) No século XIX, ao longo da Segunda Revolução Industrial, ocorreu o auge do colonialismo europeu, ao mesmo tempo em que a biologia e a medicina desenvolviam-se rapidamente, estimuladas por essa nova etapa do capitalismo. Assinale a alternativa que melhor relaciona o desenvolvimento dessas duas ciências às necessidades imperialistas.
Answer
  • A) Enquanto a biologia esforçava-se por provar a igualdade entre os homens para justificar a catequese do gentio, a medicina buscava melhorar a qualidade de vida do proletariado, em fase de conciliação com a classe dominante.
  • B) Tanto a biologia quando a medicina caminhavam no sentido de provar que a humanidade não estava dividida em raças, o que reforçaria a ideia de autodeterminação dos povos.
  • C) Enquanto a biologia buscava provar a superioridade dos povos europeus com o intuito de justificar a missão civilizadora, a medicina esforçava-se para buscar a cura de enfermidades que abatiam europeus em áreas tropicais.
  • D) Biólogos e médicos, em geral adeptos do internacionalismo comunista, buscavam provar a igualdade racial com o intuito de fortalecer a ideia de união entre todos os povos.
  • E) Enquanto a biologia preocupava-se em negar as teorias racistas de Spencer, a medicina voltou-se exclusivamente para as doenças de clima temperado, abandonando os povos de áreas tropicais à sua própria sorte.

Question 4

Question
(UPE) Observe a charge a seguir. Essa charge ilustra algumas das mudanças trazidas com a Proclamação da República no Brasil, em 1889. Sobre isso, analise as seguintes proposições:
Answer
  • I. A representação da república como uma mulher é herdada da tradição política francesa.
  • II. O fim do padroado caracterizou a separação entre o Estado e a Igreja.
  • III. A instituição do casamento civil fazia parte desse processo de secularização do Estado.
  • IV. O regime presidencialista não foi adotado nos primórdios da república brasileira.
  • V. A Proclamação da República no Brasil contou com uma ampla participação popular.

Question 5

Question
(SIMULADO – SETE) “Quando os britânicos chegaram pela primeira vez, Bengala era um dos lugares mais ricos do mundo. Os primeiros mercadores britânicos descreveram-na como um paraíso. [...] Lá havia ricas áreas agrícolas, que produziram um algodão de rara qualidade, e também uma indústria avançada para os padrões da época. Uma maneira de fazer isso foi transformar terras agrícolas em áreas para a produção de papoulas (já que o ópio era a única coisa que a Grã-Bretanha podia vender à China). Houve então fome em massa em Bengala. [...] A partir do século XVIII, a Grã-Bretanha impôs duras leis tarifárias para impedir que os produtos industrializados indianos competissem com a produção têxtil dos ingleses. Eles tiveram de enfraquecer e destruir as indústrias têxteis indianas, pois a Índia tinha uma relativa vantagem – utilizava um algodão de melhor qualidade, e um sistema industrial, em muitos aspectos, comparável ou superior ao britânico”. (CHOMSKY, N. A minoria próspera e a multidão inquieta. Tradução de Mary Grace Figheira Perpétuo. Brasília: UnB, 1999, p. 84-85.) A partir do texto anterior pode-se inferir que o processo de expansão capitalista conhecido como imperialismo possuía, dentre outras características,
Answer
  • a) a manutenção da tradicional divisão de trabalho oriunda da expansão comercial europeia no fim da Idade Média.
  • b) a transformação de economias agrícolas atrasadas em economias industriais desenvolvidas.
  • c) o desenvolvimento educacional das colônias europeias visando suprir a mão de obra nas fábricas locais.
  • d) a ruína de economias periféricas, simultânea ao acúmulo de capital das potências industriais.
  • e) a competição com as manufaturas coloniais estimulando o desenvolvimento das economias metropolitanas.

Question 6

Question
(UPE) Sobre o pensamento filosófico, analise o texto a seguir: “Que representa a filosofia? – é uma das raras possibilidades de existência criadora. Seu dever inicial é tornar as coisas mais refletidas, mais profundas”. (HEIDEGGER. M. Apud: BUZZI, Arcângelo. Introdução ao pensar: o ser, o conhecimento, a linguagem, 1991, p. 147.) Assinale as alternativas verdadeiras.
Answer
  • O pensar filosófico busca a verdade nas diversas significações do ser verdadeiro. Busca e possui o significado e a substância da verdade única.
  • O pensamento filosófico se distingue do conhecimento científico pela sua dimensão de profundidade e radicalidade.
  • A filosofia deseja conhecer as raízes da realidade, penetrando nela, no mais íntimo e investigando-lhe o sentido, o valor, a finalidade.
  • O pensar filosófico é caracterizado pela busca cessante do sentido último das coisas e também por ser um saber particular acerca das questões fundamentais.
  • A filosofia não é sophia em si mesma, nem ciência e sabedoria ao mesmo tempo. É o desejo, a procura, o amor dessa sophia.

Question 7

Question
(UPE) Leia o texto a seguir: Sobre a dimensão cultural do homem As diferenças entre o homem e o animal não são apenas de grau, pois, enquanto o animal permanece mergulhado na natureza, o homem é capaz de transformá-la, tornando possível a cultura. (ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando – Introdução à filosofia, 2001, p. 6.) Sobre a dimensão cultural do homem, assinale as alternativas verdadeiras.
Answer
  • A técnica é uma das mais importantes manifestações da cultura humana.
  • A diferença entre a linguagem animal e a linguagem do homem está no fato de que este conhece o símbolo e aquele não conhece o símbolo.
  • O homem sempre fez cultura porque é essencialmente um ser cultural, e não apenas um ser natural.
  • A dimensão cultural não é para o homem algo acidental, um passatempo, mas faz parte de sua própria natureza; é um elemento constitutivo de sua essência.
  • A dimensão cultural do homem é constituída, apenas, das técnicas, dos valores e costumes.

Question 8

Question
. (INFOENEM) Leia o texto a seguir. “[...] os valores e interesses predominantes são construídos sem referência ao passado ou ao futuro no panorama intemporal das redes de computadores e da mídia eletrônica, em que todas as expressões ou são instantâneas, ou não apresentam sequência previsível. [...] Essa virtualidade é nossa realidade porque está na estrutura desses sistemas simbólicos intemporais desprovidos de lugar cujas categorias construímos e cujas imagens, também por nós evocadas, modelam o comportamento, influenciam a política, acalentam sonhos e provocam pesadelos”. (CASTELLS, Manuel. A era da informação: economia, sociedade e cultura. São Paulo: Paz e Terra, 1999. v. 3. p. 411; 439.) Nos últimos anos tem crescido de forma acentuada a utilização das redes sociais na internet, principalmente pelos mais jovens. Os protestos agora se difundem globalmente, e abaixo-assinados e petições públicas se reproduzem pelas redes, dando um novo significado ao conceito de cidadania. Com base no texto e nas informações apresentadas, conclui-se que, com o uso da internet,
Answer
  • a) as redes sociais têm contribuído para tornar o mundo mais humano e tolerante.
  • b) as redes sociais levam as pessoas a tornarem-se mais ativas na luta pela distribuição das riquezas.
  • c) os jovens encontram nas redes sociais um instrumento real para transformar a sociedade.
  • d) as redes sociais potencializam revoltas e manifestações, mas carecem de organização e limitam-se no tempo.
  • e) os questionamentos críticos nas redes sociais têm mudado o comportamento consumista da juventude.

Question 9

Question
. (UPE) Leia o texto a seguir: “A federação brasileira, ao longo de sua trajetória histórica, viveu ciclos alternados de centralização e descentralização, nos quais os governos subnacionais dispunham de maior ou menor autonomia política e orçamentária. Com a redemocratização política, a partir de 1984, deu-se início a mais uma fase descentralizadora, culminando na promulgação da Constituição Federal de 1988. Neste processo, a redemocratização, o reconhecimento dos direitos sociais e o reordenamento das políticas sociais marcaram os novos princípios de reestruturação do Sistema Brasileiro de Proteção Social”. Nele percebe-se a atenção dada pela legislação à regulação de direitos e cidadania dos membros da nação. A Constituição Brasileira de 1988 assegurou, para os cidadãos, os direitos já reconhecidos ao longo da história do país. Todavia não ficou apenas nisso. Esse documento ampliou bastante os direitos à cidadania dos brasileiros. Sobre isso, em qual alternativa, existe exemplo de um tipo de direito discutido no texto acima?
Answer
  • A) Participar de associações e sindicatos.
  • B) Fazer parte do Programa de distribuição de renda Bolsa-Família.
  • C) Organizar protestos para reivindicar algo.
  • D) Estar livre para realizar cultos religiosos.
  • E) Escolher a carreira profissional.

Question 10

Question
(SIMULADO MODERNA) Leia a seguir um trecho do texto elaborado pela Fundação Seade a respeito do rendimento salarial entre homens e mulheres: “Em geral, a média dos rendimentos das mulheres é inferior à dos homens. No caso do Estado de São Paulo, o salário médio recebido pelas mulheres formalmente empregadas, em 2002, era de R$ 1033,00, enquanto o dos homens, na mesma condição, era de R$ 1.294,00. Parte dessa diferença reflete [a condição de] mulheres e homens exercendo a mesma ocupação, mas recebendo salários diferentes. Outros elementos igualmente contribuem para explicar tal discrepância, como a extensão da jornada de trabalho (em geral mais extensa entre os homens) e a qualidade das ocupações exercidas por homens e mulheres”. (Disponível em: http://produtos.seade.gov.br/produtos/mulher/index) O texto sinaliza uma:
Answer
  • a) contradição entre a realidade profissional e a garantia de igualdade de direitos entre homens e mulheres presente na Constituição brasileira.
  • b) conformidade entre a realidade profissional e a garantia de igualdade de direitos entre homens e mulheres presente na Constituição brasileira, uma vez que há uma melhora nos salários dos trabalhadores de uma maneira geral.
  • c) piora das condições econômicas e sociais de homens e mulheres relacionada ao baixo rendimento salarial e extensa jornada de trabalho em postos de trabalhos formais, ou seja, com carteira assinada.
  • d) pequena desconformidade salarial entre homens e mulheres, devido às diferenças entre as jornadas de trabalho, o que não representa qualquer tipo de discriminação entre homens e mulheres.
  • e) melhora nas condições econômicas e sociais das mulheres relacionada à disponibilidade de empregos formais, ou seja, com carteira assinada.

Question 11

Question
(LV) Observe os textos abaixo. Eles estabelecem uma temática extremamente relevante nos dias atuais: a interferência da mídia sobre as escolhas dos indivíduos. TEXTO 02 “Comprando o que parece ser Procurando o que parece ser O melhor pra você Proteja-se do que você Proteja-se do que você vai querer Para as poses, lentes, espelhos, retrovisores Vendo tudo reluzente Como pingente da vaidade Enchendo a vista, ardendo os olhos O poder ainda viciando cofres Revirando bolsos Rendendo paraísos nada artificiais Agitando a feira das vontades E lançando bombas de efeito imoral Gás de pimenta para temperar a ordem Gás de pimenta para temperar Corro e lanço um vírus no ar Sua propaganda não vai me enganar Como pode a propaganda ser a alma do negócio Se esse negócio que engana não tem alma Vendam, comprem Você é a alma do negócio, A alma do negócio é você...” (Nação Zumbi. Propaganda.) Após a análise atenta dos textos, assinale a alternativa correta.
Answer
  • a) a ideia presente no texto 01 é antagônica ao que se apresenta no texto 02.
  • b) os textos apresentam uma crítica à sociedade consumista, apesar de deixarem claro que é a autonomia do indivíduo que prevalece.
  • c) os textos apresentam a ideia de que o espaço da atividade publicitária é caracterizado pela ampla liberdade de escolha do consumidor.
  • d) nos textos apresentados, observa-se uma crítica à dominação imposta pela mídia publicitária, que se torna capaz de produzir desejos diminuindo o espaço de autonomia dos indivíduos.
  • e) apesar de possuírem semelhanças nas críticas, os textos divergem quanto à questão da violência: enquanto no primeiro a violência é física, no segundo ela raramente ultrapassa a esfera simbólica.
Show full summary Hide full summary

Similar

Simulado ENEM - Ciências humanas
Nathalia - GoConqr
Simulado Filosofia
Marina Faria
ORIGENS DO PENSAMENTO SOCIAL
Lucas Villar
Plano de estudos ENEM - Parte 1 *Humanas
Alice Sousa
Plano de estudos ENEM - Parte 1 *Humanas
GoConqr suporte .
Ideologia, Alienação, Cultura
e-pn-2007@hotmail.co
Movimentos Sociais - resumo
Marília Mendes
ALIENAÇÃO, ANOMIA, AUSÊNCIA DE SENTIDO
e-pn-2007@hotmail.co
Sociologia - Origem
Malu Miralha
Plano de estudos ENEM - Parte 2 *Exatas/Biológicas
Alice Sousa