Ensinar Alunos com Perturbações do Espetro do Autismo

Carla  Santos
Slide Set by Carla Santos, updated more than 1 year ago More Less
Carla  Santos
Created by Carla Santos almost 4 years ago
10
1
0

Description

Apresentação em sessão de sensibilização para Educadores, Professores e Assistentes Operacionais
Tags

Resource summary

Slide 1

    AUTISMO
    Existem várias definições: problema neurológico ou cerebral que se caracteriza por um decréscimo da comunicação e das interações sociais;  desordem desenvolvimental vitalícia com perturbações em competências físicas, sociais  e de linguagem (Gillingham, 1995, p.8). (...)

Slide 2

    As PEA são disfunções graves e precoces do neuro-desenvolvimento que persistem ao longo da vida, podendo coexistir com outras patologias. Continua ainda por definir qual a etiologia precisa que desencadeia um quadro clínico de autismo. No entanto, parece ser consensual que esta perturbação evidencia uma origem multifactorial: factores genéticos, pré e pós natais, com uma combinação complexa que leva a uma grande variação na expressão comportamental.
    O que são PEA?

Slide 3

    Perturbações do Espetro do Autismo
    As PEA caracterizam-se por uma tríade clínica de perturbações que afectam as áreas da: comunicação; interação social; comportamento.

Slide 4

    CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS DAS PEA
    Défices de processamento sensorial, capacidade de atenção, sequencialização, motivação, resolução de problemas, memorização, cognição social e linguagem.

Slide 5

    Espetro do Autismo??
    Utiliza-se a designação de Espetro do Autismo, referindo-se a uma condição clínica de alterações cognitivas, linguísticas e neurocomportamentais, pretendendo caracterizar o facto de que, mais do que um conjunto fixo de características, esta parece manifestar-se através de várias combinações possíveis de sintomas num contínuo de gravidade de maior ou menor intensidade.

Slide 6

    Unidades de Ensino Estruturado - UEEA
    As Unidades de Ensino Estruturado para alunos com perturbações do espetro do Autismo (UEEA) podem constituir um valioso recurso pedagógico das escolas, ou agrupamento de escolas. Ensino estruturado:  torna o ambiente em que o aluno se insere mais previsível e acessível; ajuda-o a encontrar maior disponibilidade para a comunicação, interacção e aprendizagens.

Slide 7

    As PEA englobam:
    Perturbação autística (autismo de Kanner, autismo infantil ou autismo clássico); � Perturbação de Asperger (Síndrome de Asperger); � Perturbação desintegrativa da segunda infância; � Perturbação global do desenvolvimento sem outra especificação (autismo atípico); � Síndrome de Rett.

Slide 8

    Diagnóstico
    O diagnóstico desta perturbação continua a ser realizado através da avaliação directa do comportamento do indivíduo, segundo determinados critérios clínicos presentes em sistemas de classificação.DSM-IV

Slide 9

    Não aprendem como os outros?
    Aprendem, mas de outra forma:défice na flexibilidade de pensamento;especificidade no modo de aprender.Comprometem o contacto e a comunicação do indivíduo com o meio.
    Caption: : Trabalho específico com a aluna da UEEA

Slide 10

     Na prática estas características traduzem-se nas dificuldades que se seguem: Comunicação expressiva; � Comunicação não verbal; � Compreensão; � Perceber a tarefa como um todo; �
    Dificuldades
    Sequencialização; �Consequencialização; � Concentração e atenção; �Generalização; � Abstracção e simbolismo; �

Slide 11

    Motivação; � Empatia; � Cognição social; � Alteração de rotinas; � Gestão de imprevistos; � Input sensorial;  Imaginação; �
    Dificuldades (cont.)
    Capacidades especiais e interesses restritos; � Comportamentos estereotipados e rígidos; � Rotinas, preocupações e rituais; � Alteração de sono/vigília; �  Particularidades do padrão alimentar; �       Outras.

Slide 12

    Ensino Estruturado
    O ensino estruturado consiste num dos aspectos pedagógicos mais importantes do modelo TEACCH. O modelo TEACCH surgiu na sequência de um projecto de investigação que se destinava a ensinar aos pais técnicas comportamentais e métodos de educação especial que respondessem às necessidades dos seus filhos com autismo. Foi desenvolvido por Eric Schopler e seus colaboradores na década de 70, na Carolina do Norte (Estados Unidos da América).

Slide 13

    Numa perspectiva educacional o foco do modelo TEACCH está no ensino de capacidades de comunicação, organização e prazer na partilha social. Centra-se nas áreas fortes frequentemente encontradas nas pessoas com PEA – processamento visual, memorização de rotinas funcionais e interesses especiais – e pode ser adaptado a necessidades individuais e a diferentes níveis de funcionamento.
    Modelo TEACCH

Slide 14

    � Fornecer uma informação clara e objectiva das rotinas; � Manter um ambiente calmo e previsível; � Atender à sensibilidade do aluno aos estímulos sensoriais; � Propor tarefas diárias que o aluno é capaz de realizar;  Promover a autonomia.
    Vantagens do Ensino Estruturado
    Minimizar as dificuldades de organização e sequencialização; Proporcionar  segurança e confiança;  Ajudar a criança/jovem com PEA a capitalizar as suas forças.

Slide 15

Slide 17

Show full summary Hide full summary

Similar

ESTRUTURAS DA POPULAÇÃO
Maryssa Couto Telles Hongenecka
Tir na nOg - Treithe an bhealoidis
08aliso.burge
Additional Chemistry - Topic 1: Atomic Structure and the Periodic Table
Hollieee01
Dier (Onderdeel plant&dier toets)
samanthabirdsall
Databases
Dean Whittle
GCSE Computing - 4 - Representation of data in computer systems
lilymate
Calculus I
GraceEChem
GCSE AQA Physics - Unit 2
James Jolliffe
Everybody's Mother
Rachel Lory
Unit 1 Chapter 1 Items
Gene G. Dydasco
Core 1.12 Timbers blank test
T Andrews