Interpretação 1

Marcelo Costa
Slide Set by Marcelo Costa, updated more than 1 year ago
Marcelo Costa
Created by Marcelo Costa over 3 years ago
6
0

Description

Concursos Públicos Portugues Slide Set on Interpretação 1, created by Marcelo Costa on 05/29/2017.
Tags

Resource summary

Slide 1

    Texto
    Serve para estabelecer comunicação com o outro (passar informação).Um texto com boa compreensão, depende de 3 fatores: Pragmático: o mecanismo de comunicação e ter início, meio e fim (estabelecer um passo a passo a fim de que o destinatário entenda) Semântica: ter coerência, sentido. Formal: ter coesão, seguir a norma culta e usar a gramática de maneira correta. Ex: As ruas estão molhadas, porque não choveu.(coeso: conjunção explicativa e explicando algo, uso correto)(não-coerente: não há lógica entre a 1ª oração e a explicação dada)OBS: UM TEXTO PRECISA SER COERENTE E COESO.

Slide 2

    3 passos para o sucesso em Interpret
    Compreender o texto. -> leia por etapas e sublinhando ou fazendo resumo do que é essencial no texto. Identificar a tipologia textual. Entender o contexto. OBS: Título <> TemaTítulo: última tarefa a ser feita na redação. É a ideia central do texto, restrito ao assunto que foi trabalhado (restringe assunto, tema).Tema: mais genérico. Ex: tema= violência; título= violência urbana no RJ

Slide 3

    Pessoas do Discurso e Cacofonia e Neologismo
    ......................Singular | Plural a Pessoa ......Eu.....|..Nós... -> quem fala (locutor ou emissor) a Pessoa ......Tu.....|...Vós... -> quem ouve (interlocutor ou destinatário) a Pessoa ......Ele....|..Eles... -> de quem se fala ou sobre o que (pessoa ou assunto) _______________________________________________________________________________________________________OBS: Neologismo: criar palavra nova. Ex: Falo internetês (a língua da internet).Cacofonia: Vício de Linguagem que consiste em sons produzidos pela junção do final de um vocábulo e começo de outro, que encontra-se a seguir. Ecoam desagradavelmente. Exs: Dei um beijo na boca dela. (ca+ dela = cadela) Não me preocupei, já que tinha terminado a prova. (ja + que+ tinha = jaquetinha) Eu vi ela na praça. (vi+ ela= viela) Ela tinha uma bolsa de couro. (la+ tinha= latinha)

Slide 4

    Linguagem
    É o ato de comunicar-se. Capacidade de expressar pensamentos, ideias, opiniões e sentimentos.VERBAL -> sequência lógica, não dá dupla interpretaçãoÉ escrita ou falada, e é a mais presente.(usa palavras) Ex: Placa Escrita, música com letra...É usada em: whatsapp, facebook, carta, bilhete, jornal, revista, site, livro, diálogo, entrevista, reportagem, filme...Obs: rótulo de um produto apenas com o nome da marca não é verbal.NÃO-VERBAL -> pode dar dupla interpretaçãoÉ a que não se fala ou escreve mas estabelece alguma comunicação também. (não usa palavras)Ex: Imagem, gesto ou linguagem corporal, música sem letra, sinais de trânsito, expressão facial...OBS: Linguagem Híbrida ou Mista é quando ocorre as duas acima juntas. Ex: Imagem + balão. (charge)

Slide 5

    Texto Literário vs Não-Literário
    TEXTO LITERÁRIOSubjetivo e centralizado na visão do autor. Características peculiares: muita figura de linguagem.Remete a sentimentos, pensamentos e afins.Autor possui eu-lírico (que é aquele que sente os versos, pensamentos do texto. Porém, não necessariamente o autor está sentindo.) obs: eu-lírico(segue 1ª pessoa) <> autorExs: Textos Narrativos(contos, romances...), Líricos (pq eram acompanhados de lira), Dramáticos... \->obs: tempo interno é diferente de tempo cronológico.TEXTO NÃO LITERÁRIOObjetivo e tem a obrigação de passar a informação que se deseja de forma precisa e objetiva.Exs: Dissertativo(Argumentativo ou Expositivo), Jornalísticos(notícias, reportagens, entrevistas...), publicitário, carta, telegrama, cartaz de espetáculo, banda desenhada(gibi)...obs: telegrama é curto e carta é longa.

Slide 6

    Comunicação, Intenções Comuni e Código
    COMUNICAÇÃO -> LINGUAGEM -> VERBAL = palavra (escrita ou falada) OU NÃO-VERBAL = resto (imagem, gesto...)INTENÇÕES COMUNICATIVAS: Lúdico: entreter (texto leve, para prender) Pragmática: convencer o interlocutor (leitor) Cognitiva: passar informação ao interlocutor Sintonizadora: atingir certo perfil (para se aproximar) Engajadora: denunciar (social ou político) Catártica: mexer com interlocutor (emoção extremada) Liberadora do "eu": aguçar imaginação (escapar da realidade) CÓDIGO: Elemento que uso para comunicar(dentro da comunicação). Ex: palavra, escrita, gesto...CANAL: instrumento que uso para comunicar(através dele). Ex: celular, telefone, teclado...

Slide 7

    Variação Linguística
    Pode ser cultural, regional, social, histórica... Mas dois tipos principais: Formal e Informal.Formal: norma padrão(=culta), ou seja, gramática correta. Não deve haver regionalismos.Ex: Tu vaiS ao cinema?Informal: coloquial, permite palavras inventadas(neologismos). Tb permite sons e abreviações.É incorreto, mas o que importa é estabelecer comunicação (que receptor entenda)Ex: Tu vai no cinema?

Slide 8

    Linguagem Formal
    CARACTERÍSTICAS: Utilização rigorosa das normas gramaticais (norma culta); Pronúncia clara e correta das palavras; Utilização do vocabulário rico e diversificado; Registro cuidado, prestigiado, complexo. SITUAÇÕES DE USO DA LINGUAGEM FORMAL: Em discursos públicos ou políticos; Em salas de aula, conferências, palestras, seminários, ...; Em exames e concursos públicos; Em reuniões de trabalho e entrevista de emprego; Em documentos oficiais (redação oficial), cartas, requerimentos,... .

Slide 9

    Linguagem Informal
    CARACTERÍSTICAS: Despreocupação relativamente ao uso de normas gramaticais; Uso de vocabulário simples, expressões populares e coloquialismo; Uso de gírias, palavrões, palavras inventadas, onomatopeias, gestos; Uso de palavras abreviadas ou contraídas: cê, pra, tá; Sujeita a variações regionais, culturais e sociais; Registro instantâneo e pouco prestigiado, por vezes incorreto e desleixado. SITUAÇÕES DE USO DA LINGUAGEM INFORMAL: Conversas cotidianas; Mensagens de celular; Chat na Internet;

Slide 10

    Texto vs Contexto
    Texto: conjunto de ideias organizadas e relacionadas entre si, formando um todo significativo capaz de produzir INTERAÇÃO COMUNICATIVA.Contexto: interligação entre as frases de um texto. Nota-se que o relacionamento entre as frases é tão grande, que se for analisada separadamente do contexto original, poderá ter um significado diferente.obs: sentido do texto = contexto (ideia que o texto traz, ideia central)obs2: valor da sentença -> fora do (con)texto........valor da sentença no texto ->dentro do (con)texto. (pode mudar o valor)

Slide 11

    Interpretação Textual
    Intertexto: quanto texto faz referencia direta ou indireta a outros autores através de citações. (conversa entre textos, quando cita parte de outro com referência direta ou indireta)Interpretação de Texto: primeiro objetivo é identificar a IDEIA PRINCIPAL. Depois, localizam-se ideias secundárias ou fundamentações (as argumentações ou explicações) que levem ao esclarecimento das questões na prova.obs: Compreensão Textual: analisar oq está escrito(explícito no texto)Interpretação Textual: inferir, deduzir(implícito, além ou fora do texto)

Slide 12

    Compreensão de texto - consiste em analisar o que realmente está escrito, ou seja, coletar dados do texto. Os comandos de compreensão (está no texto) são: Segundo o texto... O autor/narrador do texto diz que... O texto informa que... No texto... Tendo em vista o texto... De acordo com o texto... O autor sugere ainda... O autor afirma que... Na opinião do autor do texto...
    Compreensão de Texto

Slide 13

    Interpretação de Texto
    Interpretação de texto - consiste em saber o que se infere (conclui) do que está escrito. Os comandos de Interpretação (está fora (além) do texto) são: Depreende-se/infere-se/conclui-se do texto que... O texto permite deduzir que... É possível subentender-se a partir do texto que... Qual a intenção do autor quando afirma que... O texto possibilita o entendimento de que... Com o apoio do texto, infere-se que... O texto encaminho o leitor para... Pretende o texto mostrar que o leitor... O texto possibilita deduzir-se que..

Slide 14

    Análises Básicas
    Semântica: estuda o significado e a interpretação deste em uma palavra, signo, frase ou expressão em certo contexto. Também se estuda mudanças no sentido devido a fatores como tempo ou espaço. Morfológica: estuda a estrutura de formação e classificação das palavras. Estuda as palavras olhando para elas isoladamente, não olha para frase ou período. São 10 classes de palavras ou gramaticais. PICA -> invariáveis. E o resto variáveis. (PICA = Preposição, Interjeição, Conjunção e Advérbio) Sintática: estuda a disposição das palavras na frase e a das frases no discurso, e também a relação lógica das frases entre si. A sintaxe é usada no manuseio das possibilidades para combinar palavras e orações. Estilística: estuda o processo de manipulação da linguagem que sugere conteúdos emotivos e intuitivos por meio de palavras. Estabelece princípios que explicam a escolha de indivíduos e grupos ao usar a língua.

Slide 15

    Denotação vs Conotação
    DENOTAÇÃO -> verdaDESentido literal e imutável. (É o primeiro sentido da palavra que dicionário dá)Ex: O gato é muito preguiçoso. -> animal e denotativoEx: O rapaz caiu da ponte. -> denotativo (concreto arquitetônico -> denotativo)CONOTAÇÃO -> COmédiaSentido novo, muitas vezes figurado.Ex: O ator é um gato. (é bonito, conotativo e figurado)Ex: O pobre rapaz saltou da ponte da vida. (morreu, conotativo e figurado)
Show full summary Hide full summary

Similar

SUBSTANTIVOS
Viviana Veloso
ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS
trackerian
GRAMÁTICA da LÍNGUA PORTUGUESA
Viviana Veloso
ACENTUAÇÃO GRÁFICA
Viviana Veloso
FONOLOGIA estudo dos sons
Viviana Veloso
Figuras de linguagem
Roberta Souza
Gramática - Visão Geral - Fonologia
tiago meira de almeida
Interpretação de Texto
GoConqr suporte .
Português concurso
Roberta Souza
ESTRUTURA DAS PALAVRAS - Morfologia
Viviana Veloso
Vestibular - Crase
GoConqr suporte .