Por 27- Romantismo

maria livia mariani
Slide Set by maria livia mariani, updated more than 1 year ago
maria livia mariani
Created by maria livia mariani over 3 years ago
17
0

Description

Vestibular Língua Portuguesa Slide Set on Por 27- Romantismo, created by maria livia mariani on 07/08/2017.

Resource summary

Slide 1

    A divisão do Romantismo brasileiro em três fases é uma classificação utilizada para a poesia. Idealização da figura feminina.
    Romantismo

Slide 2

    Primeira Geração Romântica
    Tom nacionalista e idealizado, origem do povo brasileiro, indianismo. Liberdade formal (fugindo à regularidade métrica do Classicismo tão cultuada pelos árcades), pluralidade temática. Figura do "Bom Selvagem", bravura do índio. O risco de sofrimento e morte é aceito pelo selvagem sem qualquer hesitação, como se a sua atitude devota para com o branco representasse o cumprimento de um destino, que Alencar apresenta em termos heroicos ou idílicos.

Slide 3

    Primeira Geração Romântica
    *Gonçalves de Magalhães: Suspiros Poéticos e Saudades. *Manuel de Araújo Porto-Alegre. *Gonçalves Dias: Primeiros Cantos, Canção do Exílio, O Canto do Guerreiro, O Canto do Piaga, O Canto do Índio, Deprecação, Marabá, O Gigante de Pedra, Canção do Tamoio, Leito de Folhas Verdes, I-Juca Pirama.   *I-Juca Pirama: "O que há de ser comido".

Slide 4

    Canção do Exílio - Gonçalves Dias
    Caption: : Caráter ufanista (orgulho do sentimento coletivo despertado pela nação), contraponto entre o nacional e o estrangeiro (o poema procura retratar justamente a angústia do eu poético por estar na Europa (aqui), desejoso por regressar à sua pátria (lá)), musicalidade, grande sonoridade.

Slide 5

    O surgimento do romance romântico
    Prosa romântica, Brasil. Temática urbana, hipocrisia, vaidade, casamento por interesses, etc. Poderia ter também relações amorosas ideais e fidedignas, sendo que viviam em plena tristeza e melancolia (retomado de modo intenso na Segunda Fase). Identidade nacional, regionalismo (principalmente de Minas e de Goiás), processo de ocupação interiorana do Brasil, sertanismo. Condenação ao quadro litorâneo, sujeito a influências estrangeiras.

Slide 6

    O surgimento do romance romântico
    Joaquim Manuel Macedo: A Moreninha. José de Alencar: Senhora, Lucíola, Diva, Encarnação, As Minas de Prata, O Gaúcho, Guerra dos Mascates, O Sertanejo, O Guarani, Iracema, Ubirajara. Machado de Assis: A Mão e a Luva, Iaiá Garcia. (Relações amorosas ideias e fidedignas) Bernardo Guimarães: O Garimpeiro, Maurício, Os Paulistas em S. João D'El-Rei, O Ermitão de Muquém. Visconde de Taunay: Inocência. Franklin Távora: O Cabeleira. Manuel Antônio de Almeida: Memórias de um Sargento de Milícias.

Slide 7

    Linguagem lírica
    Iracema - José de Alencar

Slide 8

    Memória de um Sargento de Milícias
    - Manuel Antônio de Almeida Fuga ao nacionalismo e ao sentimento ufanista. Personagens-tipo.

Slide 9

    Segunda Geração Romântica
    ou Ultrarromantismo ou Byronismo ou Mal do Século Pode ser: idealização do passado e visão angelical da infância (Casimiro de Abreu) ou caráter noturno e mórbido, cenários macabros (geralmente cemitérios, ruínas, locais abandonados, paisagens ermas), ambientação misteriosa e fúnebre que compactua com a obscuridade do próprio caráter, melancolia, tédio, sem lugar na sociedade, sem rumo, dilaceração sentimental.

Slide 10

    Segunda Geração Romântica
    *Casimiro de Abreu: Meus Oito Anos. *Álvares de Azevedo: Lira dos Vinte Anos, Noite na Taverna

Slide 11

Slide 12

Slide 13

    Lira dos Vinte Anos - Álvares de Azevedo
    Amor impossível; o ambiente do sonho, do delírio, da imaginação torna-se o espaço de "concretização" desse amor. A mulher, na poética de Azevedo, oscila entre uma representação mais angelical, etérea, e uma descrição mais erótica, carnal.

Slide 14

    Terceira Geração Romântica
    Poesia condoreira. Voltada para o social; questões políticas e ideológicas vigentes no final do século XIX. Colocar o país a par do progresso, conscientizar o senso comum, alertar os retrógrados, convocar as forças políticas em prol da nova nação que deveria se erguer.

Slide 15

    Terceira Geração Romântica
    *Fagundes Varela. *Castro Alves: Navio Negreiro.

Slide 16

    Castro Alves
    Forte retórica, oratória grandiloquente, exaltação das belezas do Brasil. Ressalta a soberania da República sobre a Monarquia, condena a criminalidade que se praticou contra a raça negra ao se escravizá-la, denuncia injustiças. País em direção ao progresso.

Slide 18

    Arte romântica
    Ligada à arte cristã medieval e ao gótico. *Victor Hugo: O Corcunda da Notre Dame.

Slide 19

Slide 24

    Arquitetura romântica
    Arquitetura: verticalização, transcendência, espiritualização.
Show full summary Hide full summary

Similar

FIGURAS DE LINGUAGEM
Lohany Marins
FIGURAS DE LINGUAGEM
Maria Gabriela
Pronomes
rosemeri martins
Novo Acordo Ortográfico - Uso do Hífen
Alessandra S.
FIGURAS DE LINGUAGEM
Jorge Oliveira
Glossário de Português
Alessandra S.
FIGURAS DE LINGUAGEM
Beatriz Canella Borges
FIGURAS DE LINGUAGEM
Gabriela Vianna
Novo Acordo Ortográfico - Uso do Hífen
Lavínia Harumi
FIGURAS DE LINGUAGEM
Thaíla Sudário
FIGURAS DE LINGUAGEM
Aparecida Alves