Fisiologia Humana - Fluxo sanguíneo renal e filtração glomerular; reabsorção e secreção

Description

Fisiologia Humana Flashcards on Fisiologia Humana - Fluxo sanguíneo renal e filtração glomerular; reabsorção e secreção, created by Eduardo Almeida on 03/10/2018.
Eduardo Almeida
Flashcards by Eduardo Almeida, updated more than 1 year ago
Eduardo Almeida
Created by Eduardo Almeida almost 5 years ago
18
1

Resource summary

Question Answer
Quais são os fatores determinantes do fluxo sanguíneo renal? Intensidade de fluxo sanguíneo renal (F) é dada pela diferença de pressão entre a artéria renal (PA) e veia renal (PV) dividido pela resistência total vascular renal (R) F = (PA - PV)/R
Em quais arteríolas está concentrada a maior parte da resistência vascular renal? arteríolas aferente, eferente (PRINCIPAL) e interlobulares
Quais são as variáveis que influenciam a taxa de filtração glomerular mais sensíveis à alterações fisiológicas (como elevação ou diminuição da pressão arterial)? Pressão hidrostática glomerular Pressão oncótica glomerular
Qual a ação do sistema simpático sobre o fluxo sanguíneo renal e taxa de filtração glomerular? Diminui ambos, pois provoca vasoconstrição das arteríolas. Mas isso só ocorre com forte ativação, como no caso de uma hemorragia grave
Qual a ação da angiotensina II sobre o fluxo sanguíneo renal e a taxa de filtração glomerular? A angiotensina II é um vasoconstritor que atua nas arteríolas eferentes, logo ela aumenta a taxa de filtração glomerular porque promove acúmulo de liquido no glomérulo e consequente aumento na pressão hidrostática glomerular. Além disso, o fluxo sanguíneo nos capilares peritubulares diminui
Qual a ação do óxido nítrico e das prostaglandinas sobre o fluxo sanguíneo renal e a taxa de filtração glomerular? Ambos são vasodilatadores, e por isso aumentam o fluxo sanguíneo e a taxa de filtração glomerular
O óxido nítrico é produzido por células do _________________ capilar Endotélio
Além das prostaglandinas e óxido nítrico, outro agente vasodilatador presente é a ____________________ e agem preferencialmente nas arteríolas ________________, ______________ o fluxo sanguíneo e também a ________________ Bradicinina Aferentes Aumentando Taxa de filtração glomerular
Qual a importância da autorregulação para o fluxo sanguíneo renal e taxa de filtração glomerular? A autorregulação renal permite que mesmo diante de alterações drásticas na pressão arterial (75 mmHg à 165 mmHg), o fluxo sanguíneo renal e a taxa de filtração glomerular continuem relativamente estáveis, permitindo assim que ocorra a correta excreção de água, sais e outros metabólitos (como a creatinina) e impedindo, por exemplo, que haja uma depleção importante de água do organismo diante de um aumento na pressão arterial sistêmica
Explique o mecanismo de autorregulação MIOGÊNICO Aumento da pressão arterial -> estiramento da parede vascular e abertura de canais de cálcio sensíveis ao estiramento -> vasoconstrição das arteríolas (em especial as aferentes)
Quando o mecanismo de autorregulação miogênico é de maior relevância? Em crises hipertensivas agudas
Explique o mecanismo de autorregulação TUBULOGLOMERULAR O feedback justaglomerular utiliza mecanismos que detectam a quantidade de NaCl no filtrado glomerular e a partir desse valor regula a taxa de filtração glomerular. Ele depende de um aparelho denominado justaglomerular, o qual é composto por (1) mácula densa - que são células do início do túbulo contorcido distal - e (2) células epiteliais justaglomerulares das arteríolas adjacentes à mácula densa. As células da mácula densa são capazes de detectar a quantidade de NaCl do filtrado bem como o volume de filtrado circulante e, caso sejam valores abaixo do normal, ela libera estímulos que levam à vasodilatação de arteríolas aferentes (aumentando o fluxo sanguíneo renal e a taxa de filtração glomerular) bem como estimula as células justaglomerulares a produzir renina --> aumenta angiotensina I --> atuação da enzima conversora de angiotensina ECA --> angiotensina II --> vasoconstrição das arteríolas eferentes e aumento da taxa de filtração glomerular
Principais diferenças entre filtração e reabsorção tubular 1. Reabsorção é mais seletiva, com canais de membrana específicos 2. A filtração faz uso do transporte passivo (sem gasto energético), diferentemente da reabsorção que, para grande parte das substâncias, utiliza transporte ativo (primário ou secundário) 3. Sentido do processo, pois a filtração vai em direção sangue --> túbulo renal; a reabsorção percorre o sentido oposto
A reabsorção de elementos do interstício renal para os capilares peritubulares é realizada por _____________, a qual é influenciada por pressão hidrostática e oncótica do capilar Ultrafiltração
No túbulo proximal, a glicose é reabsorvida com sódio utilizando que tipo de transporte _______________ Na membrana luminal utiliza cotransportador SGLT1/SGLT2 (transporte ativo secundário) Na membrana basolateral utiliza proteína transportadora GLUT2/GLUT1 (difusão facilitada)
O sódio pode utilizar 3 tipos de transporte ao ser reabsorvido: 1. Ativo primário na membrana ____________ devido às bombas ___________ 2. Cotransportado com glicose utilizando ___________ ou com aminoácidos na membrana _____________ 3. Difusão simples entre espaços das células dos túbulos, ou seja, pela via __________ 1. Basolateral / sódio-potássio-ATPase 2. SGLT1 e 2 / luminal 3. Paracelular
Seja no transporte ativo primário ou secundário, os solutos são movidos sempre ________ o gradiente eletroquímico Contra
Na membrana luminal, os aminoácidos utilizam transporte _____________ com cotransportadores de íon ____________. Porém, na membrana basolateral, eles passam para o interstício renal utilizando _____________ Ativo secundário Sódio Difusão
Que tipo de transporte é utilizado na secreção ATIVA de hidrogênio na membrana luminal do TÚBULO PROXIMAL? Contratransporte (transporte ativo secundário) Trocador sódio - hidrogênio NHE
Em que sentido a reabsorção ativa de sódio na membrana basolateral promove a reabsorção de água na membrana luminal? O sódio concentra-se no interstício renal, tornando-o hiperosmótico. Assim, a água que está no lúmen é reabsorvida por osmose, principalmente na via paracelular, dado que as junções oclusivas no túbulo proximal são mais frouxas (por isso é dito que a membrana luminal do túbulo proximal é altamente permeável à água)
O que significa arrasto por solvente? Quando a água passa, por osmose, do lúmen para o interstício renal (via paracelular), ela leva consigo vários íons (como o magnésio e o cloreto), ou seja, uma espécie de "arrasto"
Em outras regiões do néfron, a ________ da água via __________ acoplada à reabsorção de Na+ é reduzida, pois as junções __________ tornam-se mais aderentes, mas pode ser aumentada pelo hormônio ____________, pois ele promove aumento da permeabilidade à água (expõe aquaporinas 2 na membrana _________), principalmente via ________________ nos túbulos contorcidos ___________ e nos túbulos e ductos ______________ Osmose Paracelular Oclusivas ADH Luminal Transcelular Distais finais Coletores
Como ocorre a reabsorção do cloreto no túbulo renal proximal? O mecanismo é parecido com o da reabsorção de ureia (50% reabsorvida)? Ocorre via transcelular usando cotransporte com sódio ou via paracelular por arrasto de solvente. Com a reabsorção de sódio e água, cria-se um potencial mais negativo no lúmen, favorecendo que o ânion cloreto atravesse a membrana luminal Sim, com uma ressalva: há transportadores de ureia específicos no ducto coletor medular interno
Quais os 3 elementos que, proporcionalmente, são mais reabsorvidos que a água? Glicose Aminoácidos Bicarbonato
A creatina não é reabsorvida. Verdadeiro ou Falso? Verdadeiro
Qual a necessidade da borda em escova na membrana luminal do túbulo proximal? Aumenta área de reabsorção
Por que as células epiteliais do túbulo proximal são riquíssimas em mitocôndrias? Elevada produção de ATP para as bombas de Sódio-Potássio-ATPase, as quais mantêm gradiente eletroquímico adequado para reabsorção de outros íons e água
Qual a única parte da Alça de Henle que é permeável à água? Segmento descendente fino
A Alça de Henle - segmento descendente fino - possui borda em escova? Ela reabsorve sódio e ureia? Não Sim, em concentrações moderadas
Toda a parte ascendente da Alça de Henle é _______________, pois reabsorve íons, mas não água. () diluidora ou () concentradora Diluidora
Qual a finalidade da secreção de hidrogênio na Alça de Henle ascendente espessa? Secreta hidrogênio para reabsorver bicarbonato. Para isso utiliza trocador sódio-hidrogênio na membrana luminal (transporte ativo secundário)
Qual cotransportador é encontrado especificamente no segmento ascendente espesso da Alça de Henle e alvo de fármacos como o furosemida, ácido etacrínico e bumetanida? Sistema co-transportador de Na+K+2Cl-
O túbulo distal inicial é sensível ao ADH? É um segmento concentrador da urina? Não. É um segmento diluidor.
Nos cotransportador sódio-cloreto do túbulo distal inicial agem fármacos importantes para tratamento da hipertensão e insuficiência renal. Qual a classe deles? Inibidores diuréticos tiazídicos
O túbulo distal inicial possui uma importante estrutura para mecanismo de autorregulação, estrutura esta denominada _____________ Mácula densa
Complete a sequência: Túbulo distal __________ Túbulo distal contorcido ___________ Túbulo coletor __________ Ductor coletor ___________ Inicial Final Cortical Medular
No túbulo distal final e túbulo coletor principal há células que reabsorvem sódio, cloreto e água (dependente de ADH) e secretam POTÁSSIO. Como são chamadas? Células principais
Nas células principais agem os fármacos poupadores de potássio e que, portanto, são antagonistas do hormônio ______________. São exemplos a espironolactona e a esplerona Aldosterona
Qual a função das células intercaladas? Secreção de hidrogênio e reabsorção de bicarbonato, sendo fundamentais na regulação renal ácidobásica
Qual a diferença na secreção de hidrogênio que ocorria no túbulo proximal/e Alça de Henle ascendente espessa com a que ocorre no túbulo distal final e túbulo coletor cortical? Túbulo proximal e Alça de Henle ascendente espessa: trocador sódio-hidrogênio (transporte ativo secundário) Túbulo distal final e túbulo coletor cortical: bomba H+-ATPase (transporte ativo primário) com MUITA secreção
Túbulo distal final e túbulo coletor cortical são permeáveis à Ureia? Não
Qual hormônio age aumentando a secreção de potássio nas células principais? Aldosterona
Faça um raciocínio. Se o sódio é essencial para a reabsorção de água, utilizar fármacos inibidores de canais de sódio (como amilorida e triantereno) faz com que a pessoa urine _________. Esses fármacos são, portanto, ____________ Mais Diuréticos
O ducto coletor medular é a região que realiza o processamento final da urina. Ele é permeável à ureia? Sim
Em relação a reabsorção de água, quais regiões realizam: Reabsorção passiva: ______________ Dependente de ADH: __________ Não realizam e são insensíveis ao ADH: _____________ Túbulo proximal e Alça de Henle descendente fina Túbulo distal final, túbulo coletor cortical e ducto coletor medular Alça de Henle ascendente espessa, túbulo distal inicial
Show full summary Hide full summary

Similar

Anatomia e Fisiologia do Aparelho Urinário Humano
Ana Inês Kruecck Quintas
Anatomia e Fisiologia do Sistema Reprodutor Feminino
Ana Inês Kruecck Quintas
Processo de Cicatrização
Letícia Silva
Sistema Cardiovascular: Artérias, Veias e Capilares
Natália Abitbol
Anatomia: sistema esquelético I
Natália Abitbol
Anatomia Artérias
Filipe Brito
Regras NBRs
Maria Clara Oliveira
SIMULADO - Casos Clínicos
Rodrigo Gouvea
Anatomia membro inferior - Ossos, acidentes e movimentos
vitorstoco
AVALIAÇÃO TEÓRICA 13 DE MARÇO
Residencia CM HBDF
DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO
Vanessa Palauro