A contrução do território e formação da população brasileira

Arthur Meirelles Chaves
Flashcards by , created about 1 year ago

Projeto Acadêmico Tema 6: a construção do território e formação da população brasileira. Alunos: Arthur Meirelles, Sandra Passos, Caio Lima.

31
0
0
Arthur Meirelles Chaves
Created by Arthur Meirelles Chaves about 1 year ago
Grandes Navegações e Período Pré-Colonial (1490 - 1540)
Isadora Borges
Atualidades Vestibular Enem 2
GoConqr suporte .
República Velha
Vitor Gomes
Edexcel Additional Science Chemistry Topics 1+2
Amy Lashkari
GCSE REVISION TIMETABLE
neharaniga
Geografia - Mapa do Brasil
GoConqr suporte .
Geografia do Brasil
kelly.etehil
Brasil: Primeiro Reinado e Período Regencial
Professor Junior
Crise da República e a ruptura de 1930
jacson luft
Quinhentismo
Isadora Borges
Question Answer
A atual composição demográfica do brasil é reflexo, principalmente, da exploração de minerais e vegetais no período colonial. Essa exploração espalhou grupos de pessoas desde o litoral até o interior do território, formando vilas com governos locais.
O Brasil teve três principais ciclos: o do açúcar no Nordeste, o do ouro em MG e o do café no Sudeste( principalmente São Paulo). Devido a um destaque maior no dinamismo da economia, São Paulo se sobressaiu como principal centro econômico do Brasil.
A distribuição descontínua e a integração pífia das atividades econômicas no Brasil levou a formação de um modelo de ilhas econômicas. Essa má integração levou o país a um desenvolvimento tardio das atividades econômicas nacionais.
Cada país tem uma faixa marítima de terra, possível de mudanças, para promover o equilíbrio econômico e social entre os povos. 57ab5cc70e21637197012fe5mapa Site (image/jpeg)
Mar territorial: faixa marítima medindo 12 milhas náuticas de largura. Navios de todos países podem atravessar essa faixa, desde que seja de forma rápida e contínua. Zona contígua: 24 milhas náuticas. segue as leis do estado quanto a crimes ambientais e imigração. Zona econômica exclusiva: 200 milhas náuticas. O estado tem direito de explorar.
De modo geral, a formação territorial dos estados brasileiros seguiu as capitanias hereditárias do passado colonial. Atualmente é seguido o princípio da formação de municípios, que fiscaliza se o local cumpre com o numero mínimo de habitantes e eleitores.
A miscigenação e a imigração são umas das bases de formação do território brasileiro. No período colonial, muitos europeus e escravos africanos vieram para o brasil para trabalhar no campo e nas indústrias.
O primeiro contato entre os estrangeiros e os nativos foi conflituoso, porque ambos tinham ideais muito diferentes. Os estrangeiros tinham interesse nas relações com os indígenas, porque os nativos poderiam ser usados como mão de obra.
A igreja católica teve muita influência também, usou da religião para converter os nativos, facilitando a escravização dos mesmos. Com a dificuldade de manter os indígenas escravos, a coroa começou a praticar o tráfico negreiro.
A principal causa do grande número de imigrações para o Brasil foi pela busca de trabalho e melhores condições de vida. O grande crescimento da população e industrialização fez com que o Brasil tivesse que abrir o comércio com o exterior.
A abertura do comercio brasileiro para países estrangeiros necessitava de um maior mercado consumidor, o que também causou o fim da escravidão. A lei Euzébio de Queiroz, de 1850, colocou fim ao tráfico negreiro. Foi criada também a Lei das Terras e as pessoas teriam que pagar por propriedades agrícolas.
A dificuldade de encontrar emprego na Europa levou trabalhadores ao Brasil, que era chamado de "Ilha da prosperidade", uma propaganda enganosa para atrair mão de obra. Esse processo histórico é a raiz do Brasil e mostra as dificuldades que as diferentes raças enfrentaram e algumas ainda enfrentam no país.
Com a chegada dos primeiros imigrantes japoneses, o acordo da imigração japonesa ao Brasil foi oficialmente declarado. O Japão se encontrava em uma situação bem difícil de desemprego e pobreza, e coube ao Brasil financiar parte das imigrações.
Ao chegarem na nova terra, se depararam com maus-tratos e conflitos culturais, ao invés de ofertas de emprego e moradia, o que tinha sido prometido. Devido a isso diversas rebeliões eclodiram, levando á pouca permanência desses imigrantes no campo, fazendo com que procurassem seus próprios negócios.
O Brasil é um país constituído por inúmeros grupos étnico-culturais, devido ás diversas imigrações europeias e afro descendentes. E por causa disso somos considerados um país mestiço.
Nos últimos anos, a população que se declara preta, parda, amarela ou indígena aumentou significantemente. O que revela uma possível recuperação de identidade étnico-racial, porém ainda desfavorecida em relação ás outras raças.