Crise Febril - Convulsão

Description

Pediatria Mind Map on Crise Febril - Convulsão, created by Luana Reis on 08/17/2017.
Luana Reis
Mind Map by Luana Reis, updated more than 1 year ago
Luana Reis
Created by Luana Reis almost 7 years ago
3
0

Resource summary

Crise Febril - Convulsão
  1. Idade mais comum?
    1. 3-5 anos
      1. Quando geralmente ocorre a 1ª CF?
        1. 18 a 22 meses
      2. Como diferenciar de epilepsia?
        1. Na epilepsia, as crises epilépticas são afebris e recorrentes
        2. Qual a incidência?
          1. 1-14%
          2. Fisiopatologia
            1. Baixo limiar do córtex cerebral no desenvolvimento
              1. Excitação aumentada
                1. inibição diminuída
                  1. Diferenças maturacionais nos circuitos subcorticais
                  2. Rápido aumento da TºC
                  3. Diagnóstico clínico
                    1. Quais são os 2 tipos?
                      1. Simples (80%)
                        1. 1 tônico cônica generalizada - 5 min
                        2. Complexa ou Complicada (20%)
                          1. Crises focais e/ou >15 min e/ou recorrer em <24h e/ou manifestações neurológicas pós-ictais
                            1. Paresia de Todd
                        3. Diagnóstico diferencial
                          1. Crise epiléptica causada por trauma ou intoxicação
                            1. Esclarecer HF
                            2. Exame físico
                              1. Focos infecciosos?
                                1. Sinais meníngeos?
                                  1. Encefalite? Meningite?
                                    1. Rigidez nucal; fontanela abaulada; letargia
                                    2. Fontanela
                                  2. Diagnóstico laboratorial
                                    1. Suspeita de clínica meníngea? Lactente < 12m? Infecção intracraniana?
                                      1. Punção lombar!
                                      2. Infecção?
                                        1. Exames laboratoriais de rotina
                                        2. Exames de imagem?
                                          1. Raramente são úteis
                                          2. EEG?
                                            1. Não contribui para prognóstico.
                                              1. Útil em suspeita de doença cerebral subjacente, com atraso DNPM e déficit neurológico
                                            2. Prognóstico
                                              1. CF é benigna; baixa mortalidade; poucas sequelas motoras ou intelectuais
                                                1. 70% das crianças - apenas 1 episódio
                                                  1. 20% - 2 CFs
                                                    1. 10% - Várias CFs
                                                      1. Precisam de profilaxia
                                                        1. Como identificar essas crianças?
                                                          1. !CF nos 1ºs 12-18 meses de vida!
                                                            1. !HF de CF ou epilepsia em parentes próximos!
                                                              1. !Febres de curta duração --> baixo limiar convulsígeno!
                                                                1. CF complicada
                                                          2. Pequena porcentagem evolui para epilepsia
                                                          3. Epilepsia
                                                            1. Risco aumentado?
                                                              1. Crianças com história de CF, principalmente as complexas e recorrentes
                                                                1. HF de epilepsia ou anormalidades neurológicas
                                                                  1. Patologias hipocampais pré-existentes --> provocar CFs complexas?
                                                                  2. Tratamento
                                                                    1. Profilaxia ou não?
                                                                      1. Contínua com fenobarbital e valproato?
                                                                        1. Quando indicar?
                                                                          1. Elevação rápida da TºC
                                                                          2. Criança < 2 anos: fenobarbital 3-5 mg/kg/dia
                                                                            1. Criança > 2 anos: valproato 15-60 mg/kg/dia
                                                                              1. Valproato: Risco de hepatite fulminante (raro); intolerância gástrica, ganho de peso e alopecia
                                                                            2. Intermitente com benzodiazepínicos?
                                                                              1. Efeitos adversos (60%): hiperatividade, irritabilidade, distúrbios de sono
                                                                                1. Decréscimo no QI?
                                                                                2. É eficaz?
                                                                                  1. É a mais usada: melhor tolerabilidade
                                                                                    1. Diazepam 0,5-1 mg/kg/dia em 2 tomadas, via oral
                                                                                      1. Via retal?
                                                                                        1. Outra opção: clobazam
                                                                                        2. Suspender até 24h após o último pico febril
                                                                                          1. Deve-se manter antitérmicos e antibióticos
                                                                                  Show full summary Hide full summary

                                                                                  Similar

                                                                                  Imunizações na Pediatria
                                                                                  tarsila
                                                                                  Simuladão 01 Pediatria
                                                                                  RevalideMED.com
                                                                                  AUSCULTA DOS BATIMENTOS CARDIOFETAIS COM O SONAR - DIVERGÊNCIAS DA LITERATURA
                                                                                  Vanessa Palauro
                                                                                  CLASSIFICAÇÃO DE ROSS (GRAVIDADE) – IC EM PEDIATRIA
                                                                                  Vanessa Palauro
                                                                                  MODIFICAÇÕES DO ORGANISMO MATERNO - DIVERGÊNCIAS DA LITERATURA
                                                                                  Vanessa Palauro
                                                                                  Nefrologia (Pediatria)
                                                                                  manoel junior
                                                                                  PATOLOGIAS DIGESTÓRIAS DA CRIANÇA
                                                                                  Helena Lucena
                                                                                  LIMITE DISCRIMINATÓRIO DO hCG - DIVERGÊNCIAS DA LITERATURA
                                                                                  Vanessa Palauro
                                                                                  CEFALEIA
                                                                                  Júlia Wessler
                                                                                  Desnutrição protéico-energética
                                                                                  jack.lour
                                                                                  1_DOENÇA DO REFLUXO GASTROESOFÁGICO
                                                                                  jaqueline_arante