EM QUAIS SITUAÇÕES AINDA USAMOS O HÍFEN?

Monique Braga
Mind Map by , created over 1 year ago

Alguns lembretes sobre o emprego do hífen após o Novo Acordo Ortográfico.

29
2
0
Monique Braga
Created by Monique Braga over 1 year ago
FIGURAS DE LINGUAGEM
Gabriela Vianna
ORTOGRAFIA - emprego das letras
GoConqr suporte .
SUBSTANTIVOS
Viviana Veloso
GCSE AQA Chemistry - Unit 2
James Jolliffe
CHARACTERS IN OF MICE AND MEN
jessicasusanevans
Substantivos
Peter Ensi
Substantivo (em construção)
Ray Macunayma
Tipos de Redação
Alessandra S.
Uso dos porquês
marcelo kazue
Reforma Ortográfica
garotasemfio
EM QUAIS SITUAÇÕES AINDA USAMOS O HÍFEN?
1 Quando o prefixo termina com a mesma letra com que se incia a palavra
1.1 inter-racial, super-resistente, sub-bibliotecário
2 Quando o prefixo termina em vogal e o 2º elemento começa com a mesma vogal
2.1 anti-inflamatório, micro-ondas, micro-ônibus
2.2 E se as vogais forem diferentes? Não usamos o hífen.
2.2.1 autoajuda, autoescola, infraestrutura, semiárido
3 Após o prefixo, quando a palavra começa com H
3.1 super-homem, sobre-humano, anti-higiênico
4 Em palavras compostas que se referem a espécies de animais ou vegetais
4.1 couve-flor, louva-a-deus, erva-doce
4.2 Se for planta: bico-de-papagaio. Se for na coluna: bico de papagaio.
5 Após os prefixos “ex”, “sem”, “além”, “aquém”, “recém”, “pós”, “pré” e “pró”
5.1 ex-aluno, pré-vestibular, sem-terra
6 Em nomes geográficos, com -grã/ -grão, ou se houver artigo entre os elementos.
6.1 Grã-Bretanha, Baía de todos-os-Santos
6.2 Os outros topônimos compostos não levam hífen, à exceção de Guiné-Bissau
7 Quando a palavra que segue os “bem” e “mal” é iniciada por vogal, H ou L
7.1 bem-estar, mal-humorado, mal-limpo
8 Em palavras formadas por sufixos de origem tupi-gurani
8.1 capim-açu, sabiá-guaçu, Ceará-mirim
9 E mais:
9.1 EM COMPOSTOS EM QUE O 1.º ELEMENTO É UM NUMERAL
9.1.1 Primeira-dama, segunda-feira
9.2 PARA SEPARAR SÍLABAS
9.2.1 Su-ces-so
9.3 NAS LOCUÇÕES CONSAGRADAS
9.3.1 água-de-colônia, arco-da-velha, ao deus-dará
9.3.2 Em locuções, não se costuma usar hífen, salvo as consagradas pelo uso.
9.3.2.1 cão de guarda, dia a dia, tomara que caia
9.4 PARA LIGAR PRONOMES ÁTONOS A VERBOS E À PALAVRA EIS
9.4.1 Ei-lo, diga-o
9.5 EM ENCADEAMENTOS VOCABULARES
9.5.1 Rio-Niterói, professor-aluno
9.6 EM SUBSTANTIVOS COMPOSTOS DE CONCEITO ÚNICO
9.6.1 Decreto-lei, arco-íris
9.6.2 Certos compostos acabaram sendo aglutinados
9.6.2.1 Madressilva, girassol, mandachuva, paraquedas
9.7 EM COMPOSTOS HOMOGÊNEOS (adjetivos, verbos ou elementos repetidos)
9.7.1 luso-brasileiro, corre-corre, técnico-científico, blá-blá-blá
10 QUANDO NÃO USAMOS MAIS O HÍFEN?
10.1 Quando o prefixo da palavra termina em vogal e o segundo elemento é iniciado por r ou s. No lugar disso, dobramos as consoantes.
10.1.1 Autorretrato, ultrassonografia, antissocial, antirrugas
10.2 Não usamos o hífen em palavras que perderam a noção de composição.
10.2.1 Paraquedista, paraquedas
10.3 Quando o prefixo termina em consoante e o segundo elemento começa com vogal.
10.3.1 Hiperativo, interestadual, supereconômico
10.4 Para mais ocorrências, procure o complemento desse mapa mental intitulado HÍFEN: PREFIXOS E ELEMENTOS DE COMPOSIÇÃO.

Media attachments