IDADE MÉDIA (476 - 1453)

Pollyanna Cerewuta
Mind Map by Pollyanna Cerewuta, updated more than 1 year ago More Less
Sara Martins Silva
Created by Sara Martins Silva almost 4 years ago
Pollyanna Cerewuta
Copied by Pollyanna Cerewuta almost 2 years ago
0
0

Description

Direito Mind Map on IDADE MÉDIA (476 - 1453), created by Pollyanna Cerewuta on 08/24/2018.

Resource summary

IDADE MÉDIA (476 - 1453)
1 IMPÉRIO BIZANTINO (395 - 1453)

Annotations:

  • Local: Península Balcânica. Sua sede Constantinopla, atualmente corresponde ao território da cidade de Istambul.
1.1 Período de maior apogeu => Imperador Justiniano (527 -565)
1.1.1 Reconquista da Península Itálica(Luta da Reconquista)

Annotations:

  • Expulsão dos Ostrogodos
1.1.2 Controle sobre a Revolta de Nike

Annotations:

  • Revolta popular por conta dos impostos cobrados.
1.1.3 Construção de obras públicas

Annotations:

  • A basílica de Santa Sofia sendo uma das mais importantes.
1.1.4 Corpus Juris Civilis

Annotations:

  •  Código Jurídico Civil (Justiniano):    - Codex (código): conjunto de leis;    - Digesto: leis comentadas;    - Institutas: princípios das leis (<=> às cláusulas pétreas);    - Novelas: novas leis.
1.1.5 Heresias Bizantinas
1.1.5.1 Monofisismo

Annotations:

  • No séc. XIII, na Europa Ocidental, se expande uma corrente monofisista - o Arianismo -, que traz muitos problemas para a Igreja Católica.
1.1.5.2 Iconoclastia
1.1.5.3 Grande Cisma do Oriente (1054)
1.1.5.3.1 Igreja Católica Ortodoxa do Oriente / Grega
1.2 Declínio => depois da morte de Justiniano
1.2.1 Disputas internas pelo poder
1.2.1.1 Fragmentação do poder político
1.2.1.2 Invasões
1.2.1.3 Tomada do I. Bizantino pelos turcos otomanos
1.2.1.3.1 Formação do grande Império Turco Otomano
1.2.1.3.2 Elementos da cultura greco-romana levados para a Itália pelos sábios bizantinos

Annotations:

  • Estes elementos, que foram preservados em Constantinopla, serão retomados no Ocidente durante o Renascimento.
1.2.1.3.3 Obstrução da rota comercial entre Ásia e Europa

Annotations:

  • Isto acelerou o processo de busca por rotas marítimas alternativas para o Oriente, iniciado pelos portugueses em 1415.
2 CIVILIZAÇÃO MUÇULMANA (622)

Annotations:

  • Antes da civilização muçulmana, existem povos originários da Península Arábica que partilham elementos culturais comuns: língua (árabe); algumas divindades; a Caaba (templo que era dedicado à essas divindades); etc. A civilização islâmica surge com a criação do Islão - funcionou como elemento de coesão entre os povos árabes-  e cresce a medida que o povo árabe-muçulmano conquista territórios. Atualmente, existem Estados soberanos que carregam elementos próprios da doutrina maometana e há também comunidades muçulmanas espalhadas por várias partes do globo.
2.1 Hégira (622)

Annotations:

  • Assim ficou conhecido o episódio da fuga de Maomé de Meca para Medina. Data de fundação do Islão e o ano um no calendário muçulmano.
2.2 Maomé + Sheiks

Annotations:

  • Para os sheiks (ricos comerciantes), a virtual centralização política por meio da fé muçulmana era fundamental para o comércio.
2.2.1 Conquista de Meca pelo exército maometano

Annotations:

  • A Caaba foi transformada em um centro de orações e o politeísmo proibido.
2.2.1.1 [...]
2.2.1.1.1 Conversão dos povos da Península Arábica ao Islão
2.2.1.1.1.1 Centralização política => formação do Estado muçulmano
2.2.1.1.1.1.1 Morte de Maomé (632)
2.2.1.1.1.1.1.1 Dinastia de califas Omíadas (661-750)
2.2.1.1.1.1.1.1.1 + expansão territorial
2.2.1.1.1.1.1.1.1.1 Batalha de Poitiers (732)

Annotations:

  • Invasão árabe é contida  pelo exercíto dos francos, sob liderança de Carlos Martel.
2.2.1.1.1.1.1.1.1.2 Conquista de quase toda Península Ibérica
2.2.1.1.1.1.1.2 Dinastia dos califas Abássidas (750-1258)
2.2.1.1.1.1.1.2.1 Fragmentação política
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1 Formação de califados independentes
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.1 Cairo
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.2 Bagdá
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.3 Córdoba

Annotations:

  • Neste emirado, foi construída uma biblioteca que abrigava inúmeras obras. Foram traduzidos para o árabe muitos manuscritos gregos.
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.3.1 Preservação da herança cultural greco-romana

Annotations:

  • Que contribuiu para o Renascimento Cultural.
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.4 Declínio do domínio muçulmano
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.4.1 Insurgência dos povos dominados
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.4.1.1 Guerra de Reconquista

Annotations:

  • Portugueses + espanhóis  X  árabes ------> vitória dos europeus. Essa guerra finda com a tomada do reino de Granada (1492), mas começa ainda no séc VIII com a revolta de Pelágio. 
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.4.2 Invasões mongóis => queda de Bagdá (séc.XIII)
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.4.3 Salafismo (séc.XIII)

Annotations:

  • Doutrina religiosa que prega o resgaste da fé original. Que atribui a ruína do domínio muçulmano ao abandono dessa fé. Que prega a pureza, isto é, não aderir à praticas ocidentais por exemplo.
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.4.3.1 Taymiyyah
2.2.1.1.1.1.1.2.1.1.4.3.1.1 Wahhabismo

Annotations:

  • Osama bin Laden era adepto desta doutrina islâmica.
3 FRANCOS (479-843*)

Annotations:

  • Dos pequenos reinos que se formaram nas terras do jaz Império Romano do Ocidente, apenas o dos francos conseguiu permanecer.
3.1 Conquista da Gália sob liderança de Meroveu
3.1.1 Clóvis I, neto de Meroveu + Igreja Católica => Dinastia Merovíngia (496-751)
3.1.1.1 Relação de comitatus => não controle das terras pelo rei => menos poder econômico => sem controle militar
3.1.1.1.1 Reis Indolentes
3.1.1.1.1.1 Major Domus como cargo vitalício e hereditário (679)
3.1.1.1.1.1.1 Carlos Martel (major domus) obtém vitória na Batalha de Poitiers
3.1.1.1.1.1.1.1 Pepino, o breve depõe o último rei merovíngio (751)
3.1.1.1.1.1.1.1.1 Dinastia Carolíngia (751-841)
3.1.1.1.1.1.1.1.1.1 Terras para a nobreza => apoio da nobreza

Annotations:

  • Inclusive, terras da Igreja que não estavam sendo usadas, eram emprestadas aos nobres, contanto que estes dessem 10% da produção para a mesma. O que satisfazia ambas as partes: nobreza e Igreja.
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2 Terras para a Igreja + proteção dessas terras => apoio da Igreja
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.1 Patrimônio de São Patrício / Estados Pontifícios

Annotations:

  • Terras na Itália, pertencentes à Igreja de 756-1870.
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2 Coroação de Carlos Magno como imperador (800)
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1 Império Carolíngio / Novo Império Romano do Ocidente
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1 Governo de Carlos Magno (768-814)
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.1 Capitulares

Annotations:

  • Normas escritas estabelecidas por Carlos Magno para ajudar na administração do Império.
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.2 Renascimento Carolíngio

Annotations:

  • Carlos Magno, assessorado por intelectuais, promoveu o resgate da cultura greco-romana: criou escolas, mosteiros, incentivou a tradução e cópia de escritos antigos, protegeu artistas. 
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.2.1 Controle intelectual pela Igreja Católica
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.3 Governo de Luís, o Piedoso (814-841)
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.3.1 Igreja mais poderosa

Annotations:

  • A Igreja além de deter o poder religioso, também detém o poder intelectual, cresceu em poder econômico e consequentemente em poder poder político.
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.3.2 Nobreza + Igreja => redução do poder do imperador
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.3.3 Fragmentação política
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.3.4 Invasões barbáras
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.3.5 Morte de Luís, o Piedoso => disputa pelo poder entre seus 3 filhos
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.3.5.1 Tratado de Verdun (843)

Annotations:

  • Divisão do Império Carolíngio: *Carlos, o Calvo => França Ocidental *Luís, o Germânico => França Oriental (Alemanha) *Lotário => França Central (morre em 870 e as terras são divididas entre seus dois irmãos)
3.1.1.1.1.1.1.1.1.2.2.1.1.3.5.1.1 Igreja Católica torna-se a mior proprietária de terras
Show full summary Hide full summary

Similar

Direito Constitucional e Administrativo
Maria José
Direito Civil
GoConqr suporte .
TEORIA DO DIREITO CONSTITUCIONAL #3
Eduardo .
Revisão de Direito Penal
Alice Sousa
TIPOS - AÇÃO PENAL
GoConqr suporte .
ato administrativo- requisitos/ elementos
michelegraca
Direito Penal
ERICA FREIRE
Direito Tributário - Revisão
Maria José
Organização político administrativa - UNIÃO
eliana_belem
Direito Previdenciário
Taty Tesch