O MÉTODO CIENTÍFICO: A COMUNIDADE CIENTÍFICA

Caio Vinícius
Mind Map by , created about 1 year ago

Baseado no livro A Construção das Ciências de Gérard Fourez

14
0
0
Caio Vinícius
Created by Caio Vinícius about 1 year ago
Aprendendo a Aprender
lftm
Tutoria em EaD
Wirlanda Josino
Apresentação da aula 3- MÉTODO CIENTÍFICO
Bárbara Bezerra
Formula for Physics IGCSE edexcel
amayagn
OCR Physics P4 Revision
Dan Allibone
Quiz sobre Tecnologia no Ensino
camilafragoso
Avaliação de aprendizagem em EaD
Tais Bressane
Design Instrucional
leodias.rj
Criando Cursos On-Line com Qualidade
David Venancio
Cronograma
LEILA LIMA
O MÉTODO CIENTÍFICO: A COMUNIDADE CIENTÍFICA
1 Natureza última da ciência
1.1 Racionalidade científica
1.1.1 Não eterna
1.1.1.1 Maneira socialmente reconhecida
1.1.1.1.1 Reflexão sobre a maneira funcional dessa racionalidade
1.1.1.2 Eficaz de abordar nossa relação com o mundo
1.2 Análise crítica
1.2.1 Limite de semelhante representação
1.2.1.1 Observação
1.2.1.1.1 São construções humanas
1.2.1.2 Modelos
1.2.1.2.1 Derivam de ideias anteriores
1.2.1.3 Desmitifica a ciência
1.2.1.3.1 Questiona
1.2.1.3.1.1 Historicidade
1.2.1.3.1.1.1 Arte
1.2.1.3.1.1.2 Técnicas
1.2.1.3.1.2 Universalidade
1.2.1.3.1.3 Absolutez
1.2.1.3.1.4 Caráter quase sagrado
1.2.1.4 Lógica pragmática e histórica
1.3 Ponto de vista agnóstico
1.3.1 Visão centrada
1.3.1.1 Ineculável
1.3.1.2 Necessário
1.3.1.3 Examina
1.3.1.3.1 As coisas tais como são
1.3.1.3.2 Sem a intervenção humana
2 Práticas da comunidade científica
2.1 Fenômeno humano
2.1.1 Estudá-lo
2.1.1.1 Exemplo da tribo bantu
2.1.1.1.1 Resolução de problemas
2.1.1.1.1.1 Por meio de conselhos
2.1.1.1.1.1.1 Refletir em comum
2.1.1.1.1.1.1.1 Técnica intelectual
3 Definir a comunidade científica
3.1 Grupo social relativamente bem definido
3.2 Estrutura-se em parte por si mesmo
3.2.1 Indivíduos se reconhecem como membros de um mesmo corpo
3.3 Pode se aproximar do ponto de vista:
3.3.1 Sociólogo
3.3.2 Outros grupos sociais
3.3.2.1 Sapateiros
3.3.2.2 Alquimistas
3.3.2.3 Feiticeiros
3.3.3 Antropólogo
3.4 Grupos que se autodefinem de acordo com sua atividade
3.4.1 Coerência própria
3.4.2 Comunidade Científica
3.4.2.1 Reconhecida na sociedade
3.4.2.1.1 "Cientistas"
3.4.2.1.1.1 Possuidores de conhecimentos específicos
3.4.2.1.1.1.1 Nem todo conhecimento recebe reconhecimento
3.4.2.1.1.1.1.1 Reconhecimento reflete em:
3.4.2.1.1.1.1.1.1 Apoio econômico
3.4.2.1.1.1.1.1.1.1 Recursos
3.4.2.1.1.1.1.1.1.1.1 Produzir resultados científicos
3.4.2.1.1.1.1.1.2 Poder social
3.4.2.1.1.1.1.1.3 Prestígio
3.4.2.1.1.1.1.1.4 "Aliados privilegiados
3.4.2.1.1.1.1.1.4.1 Ao longo da história
3.4.2.1.1.1.1.1.4.1.1 Príncipes
3.4.2.1.1.1.1.1.4.1.2 Complexo militar-industrial
3.4.2.1.1.1.1.1.4.1.2.1 Segundo o General Eisenhower
3.4.2.1.1.1.2 Úteis
3.4.2.1.1.1.3 Passíveis de retribuição
3.4.2.1.2 Grupos dominantes
3.4.2.1.2.1 Possuem peso suficiente na sociedade
3.4.2.2 Receberá frequentemente solicitações
3.4.2.2.1 Dar o parecer como especialistas
3.4.2.2.1.1 Opinar em questões da sociedade
3.4.2.2.2 Desempenhar papel social
3.4.2.3 Método científico
3.4.2.3.1 Análise
3.4.2.3.1.1 Independente
3.4.2.4 Ambiguidade
3.4.2.4.1 Impreciso
3.4.2.4.1.1 Não se sabe quem é o sujeito
3.4.2.4.1.1.1 Divergências de interesse profundas
3.4.2.4.1.1.1.1 Empresas de produção do saber
3.4.2.4.1.1.1.1.1 Conflitos
3.4.2.4.1.1.1.1.1.1 Luta de classes
3.4.2.4.1.1.1.2 Interesses da sociedade
3.4.2.4.1.1.1.3 Ambiente profissional
3.4.2.5 Pertence à classe média

Media attachments