Figuras de linguagem

Lud .
Mind Map by Lud ., updated more than 1 year ago
Lud .
Created by Lud . about 5 years ago
97
13

Description

ENEM Humanas Mind Map on Figuras de linguagem, created by Lud . on 02/02/2015.
Tags

Resource summary

Figuras de linguagem
1 Metáfora
1.1 ruptura e um desvio com o padrão,
1.1.1 Ex: A cegonha é a girafa do ganso.
2 Eufemismo
2.1 é empregado para abrandar uma informação
2.1.1 ex: Você faltou com a verdade. (Você mentiu.)
3 Comparação ou Símile
3.1 tipo de metáfora realizada
3.1.1 aparece construída por alguns elementos conectivos

Annotations:

  • igual a, tal qual, da mesma forma que, semelhante a, parecido com, que nem, como, também
3.1.1.1 Ex: Amar é (como) mudar a alma de casa.
4 Alegoria
4.1 representação metafórica que se repete ao longo de um texto.
4.1.1 Ex: a alegoria do amor é retratada por um coração flechado (alusão ao Amor na forma de Cupido)
5 Catacrese
5.1 certa expressão metafórica, com um caráter mais coloquial, que ficou consagrado na língua para denominar algo concreto.
5.1.1 Ex: Pé da mesa. Asa da xicara
6 Metonímia
6.1 Consiste na utilização de um termo por outro
6.1.1 Ex: Vou ler Machado de Assis.
7 Antonomásia
7.1 É uma espécie de metonímia, pois, em vez de se empregar o nome da pessoa, utiliza-se de uma expressão que possa identificá-la.
7.1.1 ex: O poeta dos escravos é o autor de Espumas Flutuantes. (= Castro Alves).
8 Perífrase
8.1 Consiste na substituição de um nome curto por uma expressão mais longa que o caracterize.
8.1.1 ex: O rei da selva (= leão)
9 Hipérbole
9.1 emprega uma expressão exagerada
9.1.1 ex: “Rios te correrão dos olhos, se chorares!” (Olavo Bilac)
10 Antítese
10.1 termos antagônicos para reforçar a ideia de oposição.
10.1.1 ex: “Residem juntamente no teu peito um demônio que ruge e um Deus que chora.” (Olavo Bilac)
11 Paradoxo ou oxímoro
11.1 Expressão absurda que pode inclusive ser gerada por imagens antitéticas inconcebíveis
11.1.1 ex: O amor é fogo que arde sem se ver é ferida que dói e não se sente
12 Prosopopeia
12.1 Atribuição, a seres inanimados, de capacidade dos seres animados.
12.1.1 ex: “A lua / tal qual a dona do bordel / pedia a cada estrela fria / um brilho de aluguel” (João Bosco e Aldir Blanc)
13 Pleonasmo
13.1 se repete a mesma ideia com palavras similares.
13.1.1 ex: “Me sorri um sorriso pontual.” (Chico Buarque)
14 Sinestesia
14.1 Fusão de sensações, confluência dos sentidos (audição, tato, visão, paladar, olfato)
14.1.1 ex: “Tem cheiro a luz, a manhã nasce...
15 Ironia
15.1 Expressão de sentido inverso que é reconhecida por uma entonação sarcástica ao se pronunciar a ideia.
15.1.1 ex: Como você foi bem na última prova, não tirou nem a nota mínima!
16 Gradação
16.1 É a apresentação de uma série de ideias em progressão ascendente (clímax) ou descendente (anticlímax).
16.1.1 ex: “O trigo nasceu, cresceu, espigou, amadureceu, colheu-se, mediu-se.” (Padre Antônio Vieira)
17 Hipérbato
17.1 Consiste na alteração da ordem direta dos termos de uma oração, por isso é chamado também de inversão.
17.1.1 “Passarinho, desisti de ter.” (Rubem Braga). Ordem direta: Desisti de ter passarinho.
18 Anacoluto
18.1 Palavras ou expressões inseridas no início de um período sem desempenhar função sintática.
18.1.1 ex: Amigos, há muito não os vejo.
19 Apóstrofe
19.1 É uma interpelação da voz poética às divindades, pessoas, ou coisas personificadas.
19.1.1 Ex: Colombo! Fecha a porta de teus mares!
20 Silepse
20.1 É uma figura sintática que privilegia a concordância com a ideia e não com as palavras escritas.
20.1.1 Ex: “Quando a gente é novo, gosta de fazer bonito.” (Guimarães Rosa)
21 Elipse
21.1 Omissão de algum termo na frase.
21.1.1 Ex: “Veio sem pinturas, um vestido leve, sandálias coloridas.” (Rubem Braga)
22 Zeugma
22.1 Omissão de algum vocábulo já mencionado anteriormente.
22.1.1 Ex: “A igreja era grande e pobre. Os altares, humildes.” (Drummond)
23 Assíndeto
23.1 É a omissão das conjunções ou conectivos.
23.1.1 Ex: “A barca vinha perto, chegou, atracou, entramos.” (Machado de Assis)
24 Polissíndeto
24.1 Como o próprio nome já indica, é o emprego de vários conectivos, que aparecem reiteradamente no texto.
24.1.1 “O quinhão que me coube é humilde, pior do que isto: nulo. Nem glória, nem amores, nem santidade, nem heroísmo.” (Otto Lara Resende)
Show full summary Hide full summary

Similar

FIGURAS DE LINGUAGEM
Gabriela Vianna
Figuras de linguagem
Roberta Souza
Figuras de Linguagem
Mah1408
Figuras de linguagem.
Livia Oliveira
Figuras de Linguagem
Hugo Fonseca
Figuras de linguagem e terminologia
marlonmilitani
figuras de linguagem part 1
Sandra Virgínia Correia de And Santos
Plano de estudos ENEM - Parte 1 *Humanas
Alice Sousa
O Governo-Geral Brasil colônia
jacson luft
Plano de estudos ENEM - Parte 1 *Humanas
GoConqr suporte .
Crise da República e a ruptura de 1930
jacson luft