Vias de Administração farmacológica

Samira Faria
Mind Map by Samira Faria, updated more than 1 year ago
Samira Faria
Created by Samira Faria about 1 year ago
9
0

Description

Vias de Administração farmacológicas, com vantagens, desvantagens e suas devidas formas farmacêuticas

Resource summary

Vias de Administração farmacológica
  1. CUTÂNEA
    1. FORMAS FARMACÊUTICAS: soluções tópicas, pomadas, cremes, loção, gel, adesivos
      1. VANTAGEM: tem absorção na pele, vantajoso para quando se deseja um efeito local, e rápido efeito terapêutico e também de fácil administração
        1. DESVANTAGEM: a dose é difícil de controlar, podendo causar alergias e irritações, no caso de adesivos a absorção dos medicamentos é lenta mas é absorvida diretamente para a corrente sanguínea.
      2. ORAL
        1. FORMAS FARMACÊUTICAS: comprimidos, pastilhas, drágeas, pós, para reconstituição, gotas, xarope, solção, suspensão
          1. VANTAGEM: são facilmente encontrados, de fácil administração e armazenamento
            1. DESVANTAGEM: os medicamentos passam pelo efeito de 1ª passagem, tem uma absorção mais lenta porque primeiro passam pelo estômago e depois são metabolizados no figado, não podem ser administrados para pessoas com algum problema de deglutição ou sedação
          2. SUBLINGUAL
            1. FORMAS FARMACÊUTICAS: comprimidos sublinguais
              1. VANTANGEM: rápida absorção, especialmente para medicamentos cardiovasculares e do SNC
                1. DESVANTAGEM: há poucos medicamentos para esse tipo de adminsitração, por ter uma absorção direta para o coração, pode haver efeitos adversos
              2. PARENTERAL (Injetável ou infusão)
                1. FORMAS FARMACÊUTICOS: soluções e suspensão injetável
                  1. VANTAGEM: é única forma que terá 100% da biodisponibilidade do fármaco, pois o medicamento está indo diretamente para o sangue, com isso também terá o efeito terapêutico instantaneamente e na ordem de maior concentração no sangue e biodisponibilidade está: intravenoso, intramuscular, subcutâneo e intradérmico
                    1. DESVANTAGEM: por estar direto no sangue o fármaco estará agindo sistêmicamente, podendo haver maiores efeitos adversos e consequentemente o efeito terapêutico passa mais rapidamente
                    2. SUBCUTÂNEA
                      1. INTRADÉRMICA
                        1. INTRAMUSCULAR
                          1. INTRAVENOSA
                          2. NASAL
                            1. FORMAS FARMACÊUTICAS: gotas nasais e spray
                              1. VANTAGEM: para efeitos locais minimiza os efeitos adversos, tem rápida aborção e não tem efeito de 1ª passagem
                                1. DESVANTAGEM: absorção errática e pobre, podendo causar irritações e alergias
                              2. AURICULAR
                                1. FORMAS FARMACÊUTICAS: gotas otológicas e pomadas
                                  1. VANTAGEM: Ação mais rápida pois atravessa a membrana biológica facilmente, não tem efeito de 1ª passagem e tem menos efeito adverso por não ser sistêmico
                                    1. DESVANTAGEM: pode causar alergias e a dose não é facilmente controlada, pode ser desconfortável para crianças pequenas
                                  2. OFTÁLMICA (ocular, palpebras conjuntivas e córnear)
                                    1. FORMAS FARMACÊUTICAS: colírios e pomadas oftálmicas
                                      1. DESVANTAGEM: pode causar alergias, a dose não é facilmente controlada, pode ser desconfortável administrar em crianças pequenas
                                        1. VANTAGEM: ação local e de rápida absorção, não tem efeito de 1 ª passagem e fácil aplicação
                                      2. PULMONAR
                                        1. FORMAS FARMACÊUTICAS: aerossol
                                          1. VANTAGEM: tem rápida absorção pelo sangue, não tem perda hepática e é de fácil administração no caso das bombinhas
                                            1. DESVANTAGEM: muitos fármacos voláteis e gasosos podem causar irritação na mucosa pulmonar, tem controle insatisfatório da dose, pode haver absorção diferente dependendo do estado físico da pessoa
                                          2. VAGINAL
                                            1. FORMAS FARMACÊUTICAS: comprimidos vaginais, cremes, pomadas, óvulos
                                              1. VANTAGEM: não sofrem do efeito de 1ª passagem e tem um efeito local, causando um efeitoterapûtico mais rápido
                                                1. DESVANTAGEM: há diferenças na absorção da dose, um pouco desconfortável de ser aplicado
                                              2. RETAL
                                                1. FORMAS FARMACÊUTICAS: supositórios, enemas e pomadas
                                                  1. DESVANTAGEM: Causa desconforto, absorção costuma ser irregular e incompleta, Pode irritar a mucosa retal
                                                    1. VANTAGEM: Estimula a defecação; lubrifica e limpa; Alivia cólica e a flatulência;
                                                  Show full summary Hide full summary

                                                  Similar

                                                  Analgesicos
                                                  Adriana
                                                  Antibióticos
                                                  Drive Med
                                                  Antibióticos
                                                  Rafael Mangueira de Lima
                                                  Antibióticos
                                                  Hannah Santis
                                                  Antibióticos
                                                  Isabella Fernandes
                                                  Antibióticos
                                                  Flávia Mazzarro
                                                  Antibióticos
                                                  Universo JK
                                                  FUNGOS
                                                  Marcos Melo
                                                  Anti-hipertensivos
                                                  Drive Med
                                                  Anti-hipertensivos
                                                  Rafael Mangueira de Lima