CDD

Andressa Rayanne
Mind Map by Andressa Rayanne, updated more than 1 year ago
Andressa Rayanne
Created by Andressa Rayanne over 6 years ago
22
3

Description

Mind Map on CDD, created by Andressa Rayanne on 10/19/2015.

Resource summary

CDD
  1. Quando há assuntos compostos a segunda notação é agregada à primeira, sem os zeros finais. Assim, Bibliografia de Ciências Sociais, cuja notação é 016. 3 teve-a formada de duas classes 016 = Bibliografia e 300 = Ciências sociais. Os dois zeros finais da classe 300 não foram necessários para compor a notação do assunto.
    1. Auxiliares Comuns
      1. Forma
        1. 01 — Filosofia — Teoria — 02 — Compêndios — Manuais 03 — Dicionários 04 — Ensaios 05 — Periódicos 06 — Sociedades 07 — Estudos e ensino 08 — Coletânea 09 — História e tratamento local
          1. No sistema de Dewey, nunca uma subdivisão de forma precede a notação do assunto. É norma do sistema o uso de apenas um zero ( 0 . . . ) para identificar uma subdivisão de forma.
            1. Dicionário de Filosofia — 103 100 — Filosofia (classe) 03 — dicionário (forma)
            2. Nem toda subdivisão permite juntar forma com local, deve aparecer logo abaixo de cada uma, a frase Dividir como 930-999 números esses retirados da classe História sem o algarismo 9 indicador daquela classe. EX: Legislação médica brasileira — 610.2681 610 — Medicina (classe) 026 — legislação (forma) 981 — Brasil (História)
              1. Têm como característica principal o fato de limitarem, restringirem, tornarem menos abrangente o conceito representado pelo número principal a que se justapõem.
          2. 1. SUBDIVISÕES PADRÃO 2. SUBDIVISÕES DE ÁREA 3. SUBDIVISÕES DE LITERATURAS INDIVIDUAIS 4. SUBDIVISÕES DE LÍNGUAS INDIVIDUAIS 5. SUBDIVISÕES RACIAIS, ÉTNICAS, NACIONAIS 6. SUBDIVISÕES DE LÍNGUAS 7. SUBDIVISÕES DE PESSOAS
            1. 091 1-091 9 Abordagem envolvendo assuntos circunscritos a áreas, regiões, lugares em geral, principalmente quanto a seu aspecto fisiográfico, mas não associados a nenhum continente, país, região ou localidade específico. EX: regiões frias, regiões segundo o tipo de vegetação, lugares quanto aos aspectos sócio-econômicos, enfim, conceitos de natureza geoespacial, relacionados mais com a geografia física do que com a política.
              1. 092 Abordagem envolvendo pessoas/características das pessoas, sem preocupação de estabelecer limites geográficos em relação a essas pessoas.É o caso, por exemplo, das biografias, autobiografias, diários, memórias, correspondência, etc., de pessoas cujos países/lugares de origem são desconhecidos ou que não se quer fazer constar da classificação. Os assuntos podem ser associados às pessoas coletiva ou individualmente. Para pessoas consideradas individualmente, o número é 092. Para pessoas tomadas coletivamente, 092 2.
                1. 093-099 Abordagem envolvendo continentes específicos, países, estados, municípios, cidades, etc., bem como os mundos extraterrestres. Após o registro do número relativo ao país, continente, etc., pode-se acrescentar o correspondente ao período, à época associada ao assunto, número esse que é obtido nas classes 930-990. É necessário, entretanto, fazer preceder de um zero o número correspondente ao período da história do país ou do continente em questão, exceto quando se trata da América do Norte e da América do Sul, que exigem 00 (dois zeros), em vez de apenas 0 (um zero).
                  1. SUBDIVISÕES DE ÁREA 11-19
                    1. São subdivisões de caráter geográfico em que a delimitação geográfica não diz respeito a nenhum continente, país ou localidade específica, mas ao todo do globo terrestre, ou a áreas pertencentes a mais de um continente.
                      1. 13 ZONA TÓRRIDA 142 ILHAS 169 3 RIOS 173 2 REGIÕES URBANAS
                      2. Quando esses conceitos são atribuídos ou pertencem a um continente específico, o número do continente precede o da divisão -1-19. Assim, para classificar Regiões urbanas da Europa temos: 409 173 2, síntese de:
                        1. 4 EUROPA 09 SUBDIVISÃO PADRÃO 1732 REGIÕES URBANAS (Tabela 2, subdivisão 1-19)
                        2. Quando, entretanto, esses conceitos geográficos se referirem a países específicos, iniciar-se- á a classificação pelo número da história ou da geografia do país, interpor-se-á 009 (em vez de 09), e, em seguida, a subdivisão pertinente do 1-19, eliminando, porém, o 1 inicial.
                          1. 1); Ilhas brasileiras, 810 094 2, síntese de 81 BRASIL (Tabela 2) + 009 SUBDIVISÃO PADRÃO + 42 (originalmente 142) ILHAS;
                          2. SUBDIVISÃO DE ÁREA COM -2
                            1. Essa subdivisão é, na verdade, uma réplica da Subdivisão padrão 092, exatamente com a mesma finalidade: classificar assuntos tais como biografias, autobiografias, diários, memórias, correspondência, etc., de pessoas intimamente relacionadas com um assunto, mas sem envolver delimitação geográfica.
                              1. 372.92 Professor primário 574.092 Biólogos 020.92 Bibliotecários 581.092 Botânicos
                            2. SUBDIVISÕES DE ÁREA COM -3 A -39
                              1. As subdivisões -3 a -39 se referem a países e regiões do chamado Mundo Antigo, onde floresceram as denominadas velhas civilizações, da China 31, do Egito 32, da Palestina 33, da Índia 34, da Mesopotâmia 35, de Roma 37, da Grécia 38 etc.
                              2. SUBDIVISÕES DE ÁREA 4-9
                                1. A partir do -4 estão incluídos os países e regiões dos cinco continentes, formando o que se convencionou denominar Mundo Moderno
                                  1. 4 EUROPA 41 ILHAS BRITÂNICAS 5 ÁSIA 51 CHINA E ADJACÊNCIAS 6 ÁFRICA 61 TUNÍSIA E LÍBIA 7 AMÉRICA DO NORTE 71 CANADÁ 72 AMÉRICA CENTRAL 73/79 ESTADOS UNIDOS 8 AMÉRICA DO SUL 81 BRASIL 9 OUTRAS PARTES DO MUNDO E MUNDOS EXTRATERRENOS 98 REGIÕES ÁRTICAS E ANTÁRTIDA 99 MUNDOS EXTRATERRENOS 992 PLANETAS DO SISTEMA SOLAR
                              3. SUBDIVISÕES DE LITERATURAS INDIVIDUAIS
                                1. tem como finalidade proporcionar números que representam os diversos detalhes próprios da literatura, como os gêneros (ou formas literárias), os períodos, as escolhas, as pessoas envolvidas com a criação literária, os leitores especiais a que se destinam certas categorias de obras, os estilos, a crítica literária, a retórica, etc.
                                  1. Podemos vê-la, na verdade, como a tabela auxiliar própria e exclusiva da Classe 800, na parte que diz respeito à Literatura. Tais números nunca podem ser empregados por si sós, mas apenas justapostos aos das literaturas individuais (ou aos números-base dessas literaturas) identificados nas tabelas por meio de um * (asterisco), desde o 810 ao 890. Os assuntos da Tabela 3-A atualmente dividida em três partes, encontram-se assim distribuídos:
                                    1. Tabela 3-A AUTORES INDIVIDUAIS Tabela 3-B DOIS OU MAIS AUTORES RETÓRICA DE FORMAS LITERÁRIAS ESPECÍFICAS Tabela 3-C DETALHES DA TABELA 3-B E DO 808/809
                                      1. 1. Encontrar o número base (indicado em notas, e que pode coincidir com o número completo da literatura em questão. Exemplo: no 820 Literatura inglesa, o número-base é 82; no 839.31 Literatura holandesa, a base é o próprio número 839.31). Havendo Forma Literária Específica da seqüência
                              4. ADMINISTRAÇÃO DA CDD
                                1. é exercido pela Lake Placid Education Foundation
                                  1. Hoje a própria Library of Congress é responsável pela manutenção e desenvolvimento do Sistema, em convênio, naturalmente, com a Lake Placid Education Foundation
                                    1. Atualização da CDD de 7 em 7 anos
                                      1. Em 1885 o antecessor da FID usou a CDD como base para a criação da CDU
                                      2. Características
                                        1. Considerada a 1° classificação bibliográfica
                                          1. É um sistema hierárquico, em que as idéias, os conceitos são representados em suas múltiplas relações de coordenação,de subordinação e de superordenação.
                                            1. Conhecimento dividido em 10 classes, divididas em disciplinas e subdisciplinas
                                              1. As disciplinas são grandes ramos do conhecimento, que englobam conceitos ou idéias menores, vistos como subdivisão ou derivação daquelas. Assim, a Filosofia, a Religião, as Ciência Sociais, as Ciências Puras, as Aplicadas, a História, são consideradas disciplinas enquanto a Economia, a Sociologia, a Música, a Zoologia, a Botânica, são subdisciplinas em relação às grandes áreas em que se inserem.
                                                1. É um sistema de classificação estruturado, abrangendo as seguintes partes:
                                                  1. . conjunto de dez classes principais, reunindo obras sobre todos os assuntos; . conjunto de sete classes menores reunindo idéias adjetivas daquelas; . notação, que permite ordenar com lógica os assuntos e os documentos; . índice alfabético, para mais fácil acesso aos assuntos representados pelos números do Sistema nas diversas classes.
                                                2. Estrutura da CDD
                                                  1. Dividida em dez classes principais 0/9
                                                    1. A classe principal 000 destinada a generalidades
                                                      1. ex: os jornais, as enciclopédias, os periódicos gerais.
                                                        1. abrange também certas disciplinas especializadas que, embora dedicando-se a uma disciplina específica, tratam do conhecimento de forma geral, como Ciência da Informação, Comunicação, Ciência da Computação, Biblioteconomia e Jornalismo.
                                                      2. As 10 classes
                                                        1. 000 GENERALIDADES 100 FILOSOFIA E DISCIPLINAS AFINS 200 RELIGIÃO. TEOLOGIA 300 CIÊNCIAS SOCIAIS 400 FILOLOGIA. LINGÜÍSTICA 500 CIÊNCIAS PURAS 600 TECNOLOGIA (CIÊNCIAS APLICADAS) 700 ARTES 800 LITERATURA 900 GEOGRAFIA, HISTÓRIA E CIÊNCIAS AFINS
                                                        2. Cada classe principal consiste de dez divisões.
                                                          1. EX: 6 0 0; 6 1 0; 6 2 0; 6 3 0; 6 4 0; 6 5 0; 6 6 0; 6 7 0; 6 8 0; 6 9 0
                                                            1. A divisão é representada pelo dígito que ocupa a segunda posição na notação.
                                                              1. A divisão Zero é empregada para obras gerais em qualquer classe principal, e as divisões Um a Nove para as demais partes da classe principal.
                                                                1. Geralmente uma divisão se reparte, por sua vez, em, pelo menos, dez seções. O dígito que representa a seção ocupa a terceira posição na notação.
                                                                  1. EX: 6 1 0; 6 1 1; 6 1 2; 6 1 3; 6 1 4; 6 1 5; 6 1 6; 6 1 7; 6 1 8; 6 1 9
                                                          2. Hierarquia
                                                            1. A hierarquia na notação significa que em cada nível há uma escala de conceitos, denominados classes, que são mutuamente excludentes, e que mantêm relação de coordenação uns com os outros.
                                                            2. Síntese
                                                              1. É o processo/operação/recurso empregado pela CDD para a formação de notações que representam assuntos compostos, ou aspectos de assuntos para os quais não há números prontos nas tabelas. EX:
                                                                1. 1. Síntese envolvendo números da Tabela 1 (Subdivisões padrão). Exemplos: a) DE 150 PSICOLOGIA + 05 PERIÓDICOS, resulta: 150.5 PERIÓDICOS DE PSICOLOGIA;
                                                                  1. 2. Síntese envolvendo números das demais tabelas auxiliares (2 a 7): Merece observação o fato de que, com bastante freqüência, há instruções para se utilizar algum/alguns dígito(s) da Tabela 1 (Subdivisão padrão) como elemento de ligação entre o número principal e as tabelas 2 (Área), 5 (Raça) e 7 (Pessoas), como podemos ver nos exemplos abaixo:
                                                                    1. DE 372.4 LEITURA NA ESCOLA ELEMENTAR + 09 SUBDIVISÃO PADRÃO + 94 AUSTRÁLIA, resulta: 372.409 94 LEITURA NA ESCOLA ELEMENTAR NA AUSTRÁLIA;
                                                                    2. Síntese envolvendo números de duas classes principais. Exemplos: a) DE 809.935 LITERATURA ENFATIZANDO ASSUNTOS + 200 RELIGIÃO, resulta: 809.935 2 OBRAS RELIGIOSAS COMO LITERATURA;
                                                                2. ORDEM DE CITAÇÃO
                                                                  1. Em geral pode-se seguir esta ordem: ASSUNTO ESPECÍFICO ASPECTO GEOGRÁFICO ASPECTO TEMPORAL FORMA
                                                                  2. MISCELÂNEA
                                                                    1. O procedimento para classificar empregando-se a subdivisão -8 Miscelânea é:
                                                                      1. 1. Acrescentar 8 ao número base da literatura em questão. Por exemplo: Literatura inglesa 820; número base 82; Miscelânea na Literatura inglesa 828.
                                                                    2. SUBDIVISÕES DE LÍNGUAS INDIVIDUAIS
                                                                      1. Esta tabela é constituída de números que representam as divisões, subdivisões, detalhes, aspectos da Gramática Geral quando aplicados a uma língua específica. É, por isso, de emprego exclusivo com números principais da Classe 400, no intervalo 420-490.
                                                                        1. Tais divisões, detalhes ou aspectos só podem ser acrescentados aos números assinalados nas tabelas com um * (asterisco).
                                                                          1. 31 DICIONÁRIOS ESPECIALIZADOS 430 LÍNGUA ALEMÃ 43 NÚMERO BASE 433.1 DICIONÁRIOS ESPECIALIZADOS DA LÍNGUA ALEMÃ
                                                                      2. SUBDIVISÕES DE GRUPOS RACIAIS, ÉTNICOS, NACIONAIS
                                                                        1. Os números dessa tabela não podem ser empregadas a não ser justapostas a um número principal, com autorização expressa do Sistema. Há três tipos de possibilidades de justaposição: a) diretamente ao número principal; b) através do elemento de ligação 089 da Subdivisão Padrão, e c) tendo como elemento de ligação com o número principal dígitos retirados de outras tabelas, como o -174 (da Tabela de Área).
                                                                          1. a) 155.849 56 PSICOLOGIA DOS JUDEUS, resultante da síntese: 155.84 PSICOLOGIA ÉTNICA + 956 JUDEUS (da tabela de raça)
                                                                            1. Não havendo redundância, nem instruções em contrário nas Tabelas, pode-se acrescentar UM zero ao número retirado da Tabela de Raça, e, em seguida, o número da Tabela de Área pertinente. Por exemplo:
                                                                              1. a) 572.831 081 ALEMÃES NO BRASIL resulta da síntese de: 572.8 RAÇAS HUMANAS ESPECÍFICAS 31 ALEMÃES (Tabela 5 Raça) 0 DÍGITO A INTERPOR (Tabela 1 Subdivisão Padrão) 81 BRASIL (Tabela 2 Subdivisão de Área)
                                                                        2. SUBDIVISÕES DE LÍNGUAS
                                                                          1. Estas subdivisões são constituídas de números que representam as línguas e dialetos em que podem estar redigidos os assuntos contidos nos documentos objeto de classisficação. São a base para a formação dos números das classes 490 e 890, sendo essa, na verdade, sua função primordial, ocorrendo, também, às vezes, seu emprego em combinação com o - 175, da Tabela 2 (Subdivisão de Área).
                                                                            1. 220.539 31 TRADUÇÕES DA BÍBLIA PARA O HOLANDÊS resulta da síntese 220.5 TRADUÇÕES DA BÍBLIA + 393 1 IDIOMA HOLANDÊS (Tabela 6)
                                                                          2. SUBDIVISÕES DE PESSOAS
                                                                            1. 738 CERÂMICA 0871 CEGOS (da Tabela 7) 738.087 1 ARTE CERÂMICA DOS / PARA CEGOS
                                                                            Show full summary Hide full summary

                                                                            Similar

                                                                            CLASSIFICAÇÃO DA DORIS
                                                                            Paulo Dantas
                                                                            Classificação Decimal Dewey (CDD)
                                                                            YASMIN PEREIRA DE OLIVEIRA
                                                                            Classifique!
                                                                            Andreza Reis
                                                                            Plate Tectonics
                                                                            eimearkelly3
                                                                            AS Unit 2 Physics Flashcard Deck
                                                                            Callum McClintock
                                                                            BIOLOGY B1 1
                                                                            x_clairey_x
                                                                            C1, C2, C3 keywords
                                                                            Jessica Phillips
                                                                            B7: Further Biology
                                                                            Matthew Law
                                                                            History - Medicine through Time
                                                                            Alice Love
                                                                            GCSE AQA Physics - Unit 3
                                                                            James Jolliffe
                                                                            General Pathoanatomy Final MCQs (1-110)- 3rd Year- PMU
                                                                            Med Student