Autoridade docente, autonomia discente

Helena  Monaco
Mind Map by Helena Monaco , updated more than 1 year ago
Helena  Monaco
Created by Helena Monaco almost 4 years ago
40
0

Description

Leitura 3
Tags

Resource summary

Autoridade docente, autonomia discente
1 Professor: atribui ordens, destinos e atividades para o aluno
1.1 Conjunto de ações pontuais para o fim de ensinar algo ao outro
1.1.1 Há uma distinção necessária entre o lugar de professor e aluno
1.1.2 Relação institucionalizada: tem rotinas e expectativas próprias, necessárias para manter a relação entre professor e aluno
1.1.2.1 É necessário estabelecer normas de conduta e objetivos concretos, limites e possibilidades da relação, que devem ser explicitados
1.1.2.1.1 Autoridade
1.1.2.1.1.1 Contrato entre as partes
1.1.2.1.1.1.1 Delimita os lugares e estabelece as funções de cada parte em relação ao outro complementar
1.1.2.1.1.1.2 Regras
1.1.2.1.1.2 Ocupação de um lugar social preexistente
1.1.2.1.1.2.1 A relação tem polaridades complementares: o ator e o receptor da ação
1.1.2.1.1.2.1.1 Outros dois agentes: o mandante e o público
1.1.2.1.1.2.1.2 É preciso que o exercício da autoridade do agente seja reconhecido e consentido pelo parceiro da relação
1.1.2.1.1.2.1.2.1 É preciso haver confiança e credulidade no agente para que a relação funcione
1.1.2.1.1.2.1.2.2 Autoridade seria uma delegação de crédito ao outro
1.1.2.1.1.2.1.2.2.1 O reconhecimento da autoridade precisa ser forjado cotidianamente
1.1.2.1.1.2.2 Hoje em dia precisa ser sustentada por práticas sociais contratualizadas
2 Há uma hierarquia ou assimetria entre professor e aluno
2.1 Crença: um possui algo que o outro não tem
2.1.1 O professor deve "saber mais"
2.1.1.1 A confiança depende em parte disso
2.1.1.1.1 Conhecimento + experiência na condução da classe
2.1.1.1.1.1 É uma troca: ao ensinar, o professor também aprende
2.1.1.2 Domínio teórico
2.1.1.3 Domínio metodológico
2.2 As aspirações do aluno não necessariamente correspondem às do professor
2.2.1 Às vezes, os saberes empíricos do aluno se chocam com os do professor
2.2.1.1 A relação de ensino é como um duelo
2.2.1.1.1 Enfrentamento cotidiano
2.2.1.1.2 Relação professor x aluno é transitória e dinâmica
2.2.2 Deve-se interessar pelas expectativas e trajetória do aluno
3 A autonomia discente é um desdobramento da autoridade docente
3.1 A emancipação do pensamento do aluno é consequência, do exercício rigoroso e generoso do professor
4 A autoridade é melhor assegurada por: uma clareza razoável, para os parceiros, quanto aos propósitos da relação; uma nítida configuração das atribuições de cada parte envolvida; hábitos e pautas de convivência conhecidos e respeitados por ambos; resultados concretos que validem o seu processamento cotidiano; e um norte de liberdade e felicidade, enfim, impregnando o fazer diário.
5 O texto começa com o exemplo do relato de Carlos Heitor Cony das experiências de um garoto e seu pai na preparação para os exames de admissão no seminário, na década de 1930
5.1 O menino era retardatário na escola e seu pai passa a lhe dar aulas, tomando para si o papel de professor
Show full summary Hide full summary

Similar

PSICOLOGIA DA GESTALT
eleuterapara
DOENÇA MENTAL E TRATAMENTO -Texto 16
eleuterapara
Behaviorismo - Skinner
Suliane Makelry
Psicologia Jurídica - Questões para reflexão sobre as aulas e o livro
Silvio R. Urbano da Silva
Quiz sobre Freud
Yasmin Padovan
TERAPIA FAMILIAR
dacir martins
POLÍTICAS PÚBLICAS
Alan Nunes
Psicologia da Educação
rsgomes88
TEORIA SEXUAL FREUD
eleuterapara
Abordagens Psicológicas
Alda Bezerra
FATORES NEUROPSICOLÓGICOS (anexo neuropsicologia)
Lorena S. Sousa