A CRISE NA PSICOLOGIA

Elaine Cavalcante
Mind Map by Elaine Cavalcante, updated more than 1 year ago
Elaine Cavalcante
Created by Elaine Cavalcante almost 4 years ago
25
0

Description

Mapa conceitual - A crise na psicologia - Vygotsky - Disciplina Psicologia histórico-cultural

Resource summary

A CRISE NA PSICOLOGIA
1 Vygotsky propõe a construção de uma nova psicologia, fundamentada no materialismo histórico e dialético
1.1 (1)O mundo é material
1.2 (2) O mundo material forma um todo interconectado
1.3 (3) O conhecimento do homem deriva da realidade natural e social de existência objetiva, e o ser determina a consciência
1.4 (4) O mundo está em mudança constante
1.5 (5) As mudanças na matéria ocorrem de acordo com determinadas leis
1.6 (6) As leis do desenvolvimento da matéria ocorrem em diferentes níveis correspondentes a áreas de interesse distintas na ciência; isto significa que é impossível explicar um organismo biológico a partir, por exemplo, de leis físico-químicas
1.7 (7) O conhecimento do homem aumenta com o tempo e por conta de sua utilização prática, este “progresso”, no entanto, ocorre através da acumulação de verdades relativas e não absolutas
1.8 Pensamentos e idéias
1.8.1 Os processos psicológicos superiores humanos
1.8.1.1 mediados pela linguagem e estruturados como sistemas funcionais dinâmica e historicamente mutáveis. A mediação está presente em toda atividade humana
1.8.1.1.1 São os instrumentos técnicos e os signos, construídos historicamente, que fazem a mediação dos seres humanos entre si e deles com o mundo
1.8.1.1.1.1 A linguagem é um signo mediador por excelência
1.8.1.2 As funções psicológicas especificamente humanas se originam nas relações do indivíduo e seu contexto cultural e social
1.8.1.2.1 As características humanas não estão presente desde o nascimento do indivíduo, nem são mero resultados das pressões do meio externo. Elas resultam da interação dialética do homem e o seu meio sócio-cultural
1.8.2 A relação indivíduo/sociedade e a origem cultural das funções psicológicas
1.8.2.1 O homem é um ser histórico, que se constrói através de suas relações com o mundo natural e social; o processo de trabalho (transformação da natureza) é o processo privilegiado nessas relações homem/mundo
1.8.3 A relação entre cérebro (como substrato material da atividade psicológica) e cultura (constitutiva do ser humano)
1.8.3.1 O cérebro é visto como órgão principal da atividade mental
2 Crítica por não existir uma psicologia geral, unificada, mas sim muitas correntes em psicologia; e cada uma delas elegia uma categoria definida como seu objeto de estudo e com pensamentos diferentes que não dialogavam entre si.
2.1 psicologia idealista ou subjetiva
2.1.1 estudo dos fenômenos psíquicos dos quais só se podia obter uma descrição subjetiva
2.2 psicologia naturalista científica
2.2.1 redução dos complexos acontecimentos psicológicos a mecanismos elementares que pudessem ser estudados em laboratório por meio de técnicas exatas, experimentais, e exclusão de todos os processos psicológicos superiores;
2.3 A psicologia geral que ele propõe, em resposta à crise por ele diagnosticada, é uma psicologia dialética
2.3.1 A ideia era que o método marxista embasasse essa nova ciência psicológica, rompendo com o quadro de fragmentação e crise da época
2.3.2 Método dialético
2.3.2.1 análise de processos (em desenvolvimento)
2.3.2.2 análise genotípica
2.3.2.2.1 explicar os fenômenos com base na sua origem, não na sua aparência externa
2.3.2.3 concentrar-se no processos das formas superiores, não no produto
Show full summary Hide full summary

Similar

Mediação de Vygotsky
claudinhadsc
PSICOLOGIA DA GESTALT
eleuterapara
DOENÇA MENTAL E TRATAMENTO -Texto 16
eleuterapara
Behaviorismo - Skinner
Suliane Makelry
Psicologia Jurídica - Questões para reflexão sobre as aulas e o livro
Silvio R. Urbano da Silva
Quiz sobre Freud
Yasmin Padovan
TERAPIA FAMILIAR
dacir martins
POLÍTICAS PÚBLICAS
Alan Nunes
Psicologia da Educação
rsgomes88
TEORIA SEXUAL FREUD
eleuterapara
Abordagens Psicológicas
Alda Bezerra