OMBRO

Jessica Sampaio
Mind Map by Jessica Sampaio, updated more than 1 year ago More Less
Daielin Maisa
Created by Daielin Maisa about 4 years ago
Daielin Maisa
Copied by Daielin Maisa about 4 years ago
Duaila Souza
Copied by Duaila Souza about 4 years ago
Jessica Sampaio
Copied by Jessica Sampaio about 4 years ago
14
0

Description

Fisioterapia Mind Map on OMBRO, created by Jessica Sampaio on 09/09/2016.

Resource summary

OMBRO
1 Articulações
1.1 Glenoumeral
1.1.1 articulação esferoide multiaxial com três graus de liberdade. As faces articulares são a cabeça hemisférica do úmero (convexa) e a cavidade glenoide da escápula (côncava)
1.2 Acromioclavicular
1.2.1 articulação plana entre a extremidade acromial da clavícula e a borda medial do acrômio
1.3 Esternoclavicular
1.3.1 é formada pela união da extremidade esternal na clavícula e o manúbrio do esterno
2 Ossos
2.1 Cavícula
2.1.1 A Clavícula de liga ao Esterno por meio da articulação Esterno-Clavicular e com a Escápula por meio da Articulação Acrômio-Clavicular.
2.2 Úmero
2.2.1 O Úmero na sua porção mais superior é chamado de terço proximal do Úmero e, podemos dividir essa região em quatro estruturas ósseas diferentes: Cabeça do úmero, Tubérculo Maior , Tubérculo Menor e Diáfise.
2.3 Escápula
2.3.1 A Escápula é importante pois muitos músculos se originam ou se inserem nesse osso. Podemos citar os músculos do manguito rotador, o trapézio, o deltóide, entre outros
3 Músculos
3.1 Deltóide
3.1.1 Origem: Extremidade acromial da clavícula. Inserção: Tuberosidade Deltóide.
3.1.1.1 Ação: Fibras Anteriores: Flexão e rotação interna o ombro. Fibras Médias: Abdução do ombro. Fibras posteriores: Extensão e rotação externa do ombro.
3.1.1.1.1 Ângulo: Flexão - 180º (obs: após 120º, o movimento tem auxílio da cintura escapular). Rotação interna - 90º. Abdução - 180º. Extensão - 45º. Rotação externa - 70º.
3.2 Redondo Maior
3.2.1 Origem: Ângulo inferior da escápula. Inserção: Tubérculo menor.
3.2.1.1 Ação: Rotação interna, extensão e adução do ombro.
3.2.1.1.1 Ângulo: Rotação interna - 90º. Extensão - 45º. Adução - nula, salvo quando é associada ao movimento de flexão ou extensão do tronco, sendo assim, a variação é de 30º.
3.3 Peitoral Maior
3.3.1 Origem: Porção esternal da clavícula, osso esterno e aponeurose do do M. Oblíquo externo . Inserção: Tubérculo maior.
3.3.1.1 Ação: Rotação interna, flexão e adução do ombro.
3.3.1.1.1 Ângulo: Rotação interna - 70º. Flexão - 0º a 180º (até 120º não é utilizado a escápula). Adução - nula, salvo quando é associada ao movimento de flexão ou extensão do tronco, sendo assim, a variação é de 30º.
3.4 Trapezio
3.4.1 Origem: Osso occiptal, processo espinhoso das vertebras cervicais e de todas as as torácicas. Inserção: Espinha da escápula, acrômio e porção acromial da clavícula
3.4.1.1 Ação: Fibras superiores: Elevação do ombro. Fibras Médias: Adução da escápula com retração do ombro. Fibras Inferiores: Depressão do ombro com adução da escápula.
3.4.1.1.1 Ângulo: Elevação do ombro - 30º a 40º. Adução da escápula com retração do ombro - 30º. Depressão do ombro - 5º a 10º.
3.5 Grande Dorsal
3.5.1 Origem: Processo espinhoso das ultimas vértebras torácicas, processos espinhos de todas as vertebras lombares, osso sacro e crista ilíaca. Inserção: Tubérculo menor.
3.5.1.1 Ação: Rotação interna, extensão e adução do ombro.
3.5.1.1.1 Ângulo: Rotação interna - 70º. Extensão - 45º. Adução: 0º.
3.6 Biceps braquial
3.6.1 Origem: Porção Longa: Tubérculo supraglenoidal e porção curta: Processo coracóide. Inserção: Tuberosidade do rádio e, fáscia do antebraço através da aponeurose do bíceps.
3.6.1.1 Ação: Ajuda na flexão de braço (fraco).
3.6.1.1.1 Ângulo: Flexão - 180º (obs: até 120º não é utilizado a escápula.)
3.7 Elevador da escápula
3.7.1 Origem: Tubérculo posterior do processo transverso das 4 primeiras vértebras cervicais. Inserção: Borda medial da escápula, da espinha da escápula até o ângulo superior.
3.7.1.1 Ação: Elevação da escápula e ombro.
3.8 Romboides
3.8.1 Origem: Processos espinhosos da vértebra C7 a T5. Inserção: Borda medial da escápula.
3.8.1.1 Ação: Adução com elevação da escápula.
3.9 Peitoral menor
3.9.1 Origem: Terceira a quinta costela. Inserção: Processo Coracóide.
3.9.1.1 Ação: Inclinação anterior da escápula.
3.10 Serrátil anterior
3.10.1 Origem: Fase externa das 8 primeiras costelas. Inserção: Borda medial da escápula.
3.10.1.1 Ação: Abdução da escápula. Obs: Músculo acessório da inspiração.
3.11 Manguito Rotador: grupo de músculos que mantem a cabeça do umero articulada com a cavidade glenóide.
3.11.1 Supraespinhal
3.11.1.1 Origem: Fossa supraespinhal. Inserção: Tubérculo maior.
3.11.1.1.1 Ação: Abdução do ombro e rotação externa de ombro.
3.11.1.1.1.1 Ângulo: Abdução do ombro - 120º. Rotação externa - 90º.
3.11.2 Infraespinhal
3.11.2.1 Origem: Fossa infraespinhal. Inserção: Tubérculo maior
3.11.2.1.1 Ação: Rotação externa do ombro.
3.11.2.1.1.1 Ângulo: Rotação externa - 90º.
3.11.3 Redondo Menor
3.11.3.1 Origem: Borda lateral da escápula. Inserção: Tubérculo maior.
3.11.3.1.1 Ação: Rotação externa do ombro.
3.11.3.1.1.1 Ângulo: Rotação externa - 90º.
3.11.4 Subescapular:
3.11.4.1 Origem: Fossa subescapular. Inserção: Tubérculo menor.
3.11.4.1.1 Ação: Rotação interna do ombro.
3.11.4.1.1.1 Ângulo: Rotação interna - 90º.
Show full summary Hide full summary

Similar

ELECTROTERAPIA
Maria Sandoval avalos
INTRODUCCION ELECTROTERAPIA
Amandine GONTHIER
Atención al paciente y toma de decisiones clínicas
Andrea Pardo Reyes
La Fisioterapia y sus Campos de Acción
Jocelyn Sánchez
FISIOTERAPIA
Alma Chu
ESPECIALIDADES DE LA FISIOTERAPIA
Nayeli Nayeli
Electroterapia
Manoë Merlateau
Muscoli della colonna vertebrale
margherita Borsoi
Muscoli del cranio e della testa
margherita Borsoi
ESPECIALIDADES
Adriana Santana
Amplitud de Movimiento
Andrea Pardo Reyes