Circulação Arterial

Alessandra S.
Note by , created over 6 years ago

Mestrado CIÊNCIAS Note on Circulação Arterial, created by Alessandra S. on 07/15/2013.

4061
4
0
Tags
Alessandra S.
Created by Alessandra S. over 6 years ago
Glossário de Biologia Geral
Alessandra S.
Orgão Coração Humano
Alessandra S.
Tipos: Reprodução
Andrea Barreto M
Computer Systems
lisawinkler10
SFDC App Builder 1 (1-25)
Connie Woolard
Exercícios- Tipos de Reprodução
Andrea Barreto M
Seres Vivos
Andrea Barreto M
Vírus
Alessandra S.
Glossário de Biologia
GoConqr suporte .
Sistemas do Corpo Humano
GoConqr suporte .

Page 1

A circulação arterial abrange todos os vasos que transportam sangue arterial, ou seja, sangue rico em oxigênio. Entre esses vasos estão artérias que deixam o ventrículo esquerdo do coração, levando o sangue para as diversas regiões do corpo e as veias que vêm do pulmão, trazendo sangue recém oxigenado dos pulmões. Em outras palavras, formam a circulação arterial aquelas artérias que transportam sangue arterial, portanto, fazendo parte da grande circulação; e as veias que transportam sangue oxigenado, portanto fazendo parte da pequena circulação. O sangue arterial parte do coração para o restante do corpo a partir da artéria aorta. Para facilitar seu estudo, estabeleceu-se que essa artéria pode ser subdividida em parte ascendente, arco da aorta e parte descendente.A parte ascendente da aorta irá suprir o coração, ramificando-se nas artérias coronárias esquerda e direita. O arco da aorta possui três ramificações: o tronco braquicefálico, a artéria carótida comum esquerda e a subclávia esquerda. A artéria braquicefálica irá bifurcar-se originando as artérias carótida comum direita e a subclávia direita. As artérias carótidas suprem a região da cabeça e pescoço, ramificando-se em artérias carótidas externas e internas. As chamadas carótidas externas fornecem sangue arterial à porção exterior da cabeça, face e maior parte do pescoço. Entre elas também ramificam-se, formando diversas artérias como a tireóidea superior, a faríngea ascendente, a lingual, a facial e a occipital. As carótidas internas suprem o conteúdo do crânio e das órbitas, apresentando também muitos ramos como a artéria oftálmica, a artéria anterior do cérebro, a artéria média do cérebro, a artéria carótico-timpânica, o ramo meníngeo e o ramo do seio cavernoso.

As artérias subclávias suprem, através de seus ramos, sangue para parte da região do pescoço, coluna vertebral e cabeça (artéria vertebral); para a região interna do tórax (artéria torácica) e para a região do ombro e braços (artéria axilar). A parte descendente da aorta é representada pela chamada abdominal dessa artéria. A porção abdominal apresenta diversas bifurcações e irá suprir os diversos órgãos do abdômen, bem como a região da bacia. Pode ser subdividida em ramos ventrais, dorsais, laterais e terminais. No ramos ventral podemos citar vasos principais como a artéria gástrica esquerda, a artéria hepática e a artéria esplênica. No ramo lateral estão as artérias renais e as artérias dos órgãos reprodutores. Os membros inferiores obtêm seu suprimento sangüíneo através de ramificações da artéria ilíaca, uma das ramificações laterais da porção abdominal da artéria aorta. O conjunto de vasos que leva o sangue arterial para o coração é bem mais simples. De modo geral, cada um dos pulmões possui duas veias denominadas de veias pulmonares superior e inferior, que não possuem válvulas.

GERAL