Metodologia SENAI de elaboração de Desenho Curricular

mariokossarjr
Mind Map by , created over 5 years ago

Trata-se de um trabalho de curso de especialização.

88
0
0
Tags
mariokossarjr
Created by mariokossarjr over 5 years ago
A View from the Bridge Quotes
Emma Payne
Mind Maps with GoConqr
Manikandan Achan
Maths GCSE - What to revise!
livvy_hurrell
Flashcards for CPXP exam
Lydia Elliott, Ed.D
CST Module 6a
Jane Foltz
Essay Writing: My Essay Plan
Andrea Leyden
Characters in Lord of the Flies
lowri_luxton
Cultural Studies
Emily Fenton
GCSE Biology 4 OCR - The Processes of Life
blairzy123
GCSE AQA Biology 1 Cloning & Genetic Engineering
Lilac Potato
Metodologia SENAI de elaboração de Desenho Curricular
1 Destina-se a
1.1 Todos os profissionais do Sistema SENAI envolvidos, direta ou indiretamente, com o processo educacional, em especial àqueles que atuam nas Unidades Operacionais nas quais a relação ensino e aprendizagem efetivamente acontece.
2 O que é?
2.1 Conjunto de métodos capazes de subsidiar a formação com base em competências
3 É composto por
3.1 Comitês técnicos setoriais
3.1.1 Utilidade
3.1.1.1 Contribuírem com a identificação e atualização das competências profissionais requeridas dos trabalhadores, responsabilizando-se particularmente pela definição dos perfis profissionais correspondentes às ocupações demandadas pelos segmentos industriais atendidos pelo SENAI.
4 Documento dividido em três capitulos
4.1 Perfil profissional
4.1.1 O que é?
4.1.1.1 Descrição do que idealmente é necessário ao trabalhador saber realizar no campo profissional correspondente a uma determinada ocupação.
4.2 Desenho curricular
4.2.1 O que é?
4.2.1.1 Resultado do processo de definição e organização dos elementos que compõem o currículo e que devem propiciar o desenvolvimento das capacidades referentes às competências do Perfil Profissional.
4.2.2 Modelo composto de sete fases
4.2.2.1 1 - Identificação das possíveis saídas intermediárias para o Mercado de Trabalho.
4.2.2.1.1 2 - Análise do Perfil profissional
4.2.2.1.1.1 3 - Definição dos Módulos que entregam a oferta formativa

Annotations:

  • Faltou definir módulo intermediário.
4.2.2.1.1.1.1 4 - Definição das Unidades curriculares referentes aos módulos
4.2.2.1.1.1.1.1 5 - Definição do Itinerário do curso
4.2.2.1.1.1.1.1.1 6 - Definição e organização de Conhecimentos, Ambientes pedagógicos e Cargas horárias das Unidades curriculares
4.2.2.1.1.1.1.1.1.1 Plano de curso
4.2.2.1.1.1.1.1.1.1.1 É o documento que tem por finalidade estabelecer as condições e critérios para o desenvolvimento do curso, considerando as especificidades institucionais e o contexto do mundo do trabalho.
4.2.2.1.1.1.1.1.2 A que se destina?
4.2.2.1.1.1.1.1.2.1 Refere-se à estrutura proposta para o desenvolvimento da oferta formativa que, ordenada pedagogicamente, capacita para o exercício do trabalho.
4.2.2.1.1.1.1.2 Unidarrlaricude curriculra
4.2.2.1.1.1.1.2.1 É a unidade pedagógica que compõe o currículo, devendo ser constituída numa visão interdisciplinar, considerando o conjunto coerente e significativo de Fundamentos Técnicos e Científicos e ou Capacidades Técnicas, acrescido de Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas e de Conhecimentos.
4.2.2.1.1.1.2 Módulo - o que significa e o que proporciona
4.2.2.1.1.1.2.1 Conjunto didático-pedagógico sistematicamente organizado para o desenvolvimento de competências profissionais significativas.
4.2.2.1.1.1.3 Módulo básico
4.2.2.1.1.1.3.1 Aquele que tem como objetivo desenvolver Fundamentos Técnicos e Científicos (capacidades básicas) e ou Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas selecionadas como as mais recorrentes e também relevantes, considerando a sua relação com o conjunto de Unidades de Competência descritas no Perfil Profissional.
4.2.2.1.1.1.4 Módulos específicos
4.2.2.1.1.1.4.1 São estruturados com base nas Unidades de Competência descritas no Perfil Profissional, contemplando suas Capacidades Técnicas, Sociais, Organizativas e Metodológicas.
4.2.2.1.1.2 Fundamentos técnicos e científicos
4.2.2.1.1.2.1 Capacidades Básicas de caráter geral, relacionadas às bases científicas, tecnológicas e aos saberes universais identificados como pré-requisitos no âmbito de uma qualificação e que dão suporte ao desenvolvimento das Capacidades Técnicas, Sociais, Organizativas e Metodológicas.
4.2.2.1.1.3 Capacidades técnicas
4.2.2.1.1.3.1 Expressam os desempenhos típicos de uma Ocupação e permitem ao trabalhador realizar com eficiência suas atividades profissionais, implicando, assim, o domínio de conteúdos característicos da Ocupação (conhecimentos, procedimentos, tecnologias, normas, entre outros).
4.2.2.1.1.4 Capacidades Sociais, Organizativas e Metodológicas
4.2.2.1.1.4.1 Referem-se respectivamente às relações no trabalho, à qualidade e organização desse mesmo trabalho e à condição de responder a situações novas e imprevistas, observando as Competências de Gestão estabelecidas no Perfil Profissional.
4.2.2.1.1.5 Capacidades Sociais
4.2.2.1.1.5.1 Tratam, essencialmente, das relações interpessoais, caracterizando-se por agregar, ao trabalhador, condições de responder a relações e procedimentos estabelecidos na organização do trabalho; de se integrar, com eficácia, em nível horizontal e vertical, ao contexto de trabalho; e de trabalhar em equipe, cooperando com outros profissionais de forma comunicativa e construtiva.
4.2.2.1.2 O que configura configura uma Saída intermediária?
4.2.2.1.2.1 Uma ou mais Unidades de Competência do Perfil Profissional que se referem a Ocupações Intermediárias reconhecidas pelo mercado de trabalho que podem ser certificadas de forma independente.
4.3 Prática docente
4.3.1 O que é?
4.3.1.1 As Saídas Intermediárias são configuradas por uma ou mais Unidades de Competência do Perfil Profissional que se referem a Ocupações Intermediárias reconhecidas pelo mercado de trabalho que podem ser certificadas de forma independente.

Media attachments