Histologia Vegetal

Camila Souto
Slide Set by Camila Souto, updated more than 1 year ago
Camila Souto
Created by Camila Souto over 4 years ago
214
14

Description

Histologia Vegetal

Resource summary

Slide 1

    Trata-se do estudo e da pesquisa sobre os tecidos vegetais, ou seja, os tecidos que formam as plantas.Esses tecidos têm grupos de células específicos, que desempenham funções semelhantes. Na prática, os tecidos vegetais são divididos em Meristemas, classificados como tecidos meristemáticos ou embrionários; e Tecidos Adultos, que são aqueles encontrados na planta desenvolvida e que são permanentes.A histologia vegetal se preocupa muito em analisar o agrupamento das células vegetais que apresentam características similares e que são direcionadas à realização de determinada função. O tecido vegetal e todas as suas funções são o foco da histologia vegetal.
    Histologia Vegetal

Slide 2

    Meristemas (tecidos meristemáticos ou embrionários) são tecidos formados por células indiferenciadas e com grande capacidade de divisão celular (por mitose). Essas células são pequenas, com parede celular delgada, núcleo volumoso e central e encontram-se justapostas. São subdivididos em:1. Meristemáticos primários Provenientes do sistema embrionário, estão no ápice da raiz e do caule e são responsáveis pelo crescimento longitudinal. São divididos em:- Protoderme, que dá origem à epiderme;- Meristema fundamental, que origina os tecidos fundamentais- Procâmbio, que dá origem aos tecidos vasculares primários.2.  Meristemáticos secundários. Os meristemas secundários estão localizados no cilindro central do caule e da raiz (câmbio) e na região da casca, do caule e da raiz (felogênio), são responsáveis pelo crescimento diametral (em espessura) da raiz e do caule de árvores e arbustos. O câmbio forma células do líber ou floema para o lado externo, e células do lenho ou xilema para o lado interno. O felogênio forma súber ou cortiça para o lado externo, e células de um parênquima chamado feloderma, para o lado interno.
    Tecidos Meristemáticos

Slide 3

    Em decorrência do crescimento e desenvolvimento da planta, os tecidos meristemáticos passam a se diferenciar dão origem as tecidos adultos (tecidos permanentes da planta), que apresentam funções mais específicas e são divididos em: Tecidos de revestimento: são responsáveis, principalmente pela proteção do vegetal. Nesse grupo há a epiderme, formada por células vivas, achatadas, justapostas, que reveste externamente os órgãos da planta, e além da função de proteção, é responsável pela absorção de água e sais minerais, excreção, secreção e trocas gasosas. O súber ou cortiça é, também, um tecido de revestimento, composto de células mortas, infladas e que apresentam paredes celulares dotadas de suberina (substância graxa) e é produzido pelo felogênio. Tecidos de preenchimento, ou parênquimas: são formados por células vivas, volumosas, com vacúolos grandes e parece celular pouco espessa. É dividido em parênquimas clorofilados, que possuem células ricas em cloroplastos; parênquimas de reserva, formado por células de armazenamento de vários tipos de substâncias; 
    parênquima de preenchimento, que preenche certas regiões do caule e da raiz; parênquima aquífero, que armazenam água; parênquimas amilíferos, que armazenam amido e parênquima aerífero, que armazenam ar. Tecidos de sustentação: divididos em colênquima e esclerênquima. O colênquima é composto de células vivas, com cloroplastos e ocorre em caules verdes e na pecíolo das folhas. A esclerênquima é formada por células mortas ricas em lignina (substância às vezes presente na parede celular vegetal, que confere dureza e resistência a ela). Tecidos de condução (vasculares): responsáveis pelo transporte das seivas bruta e elaborada. O xilema (ou lenho) é o tecido especializado em transporte de seiva bruta (água e sais minerais), formado por células mortas, alongadas e de parede celular lignificada. O floema (ou líber) tem a função de conduzir a seiva elaborada (água e carboidratos) e é constituído por células vivas, alongadas, com paredes transversais dotadas de poros e anucleadas.
    Tecidos Adultos
Show full summary Hide full summary

Similar

2a Lei de Mendel
Andrea Barreto M. Da Poça
Glossário de Biologia
GoConqr suporte .
Sistema Respiratório - Biologia
GoConqr suporte .
Sistemas do Corpo Humano
GoConqr suporte .
A Célula
Nathalia - GoConqr
Exercícios- Tipos de Reprodução
Andrea Barreto M. Da Poça
Ecologia I
kyungsos
Reino Monera
nathaliaires
Mitose
Igor -
Vitaminas
Júlia Figueiredo