Diagnóstico diferencial ABDÔMEN AGUDO

Description

Semiologia Mind Map on Diagnóstico diferencial ABDÔMEN AGUDO, created by Vanessa Ferreira nogueira on 09/12/2018.
Vanessa Ferreira nogueira
Mind Map by Vanessa Ferreira nogueira, updated more than 1 year ago
Vanessa Ferreira nogueira
Created by Vanessa Ferreira nogueira over 5 years ago
52
1

Resource summary

Diagnóstico diferencial ABDÔMEN AGUDO
  1. Diagnóstico por imagem
    1. RX simples
      1. Em si não consegue confirmar o diagnóstico
        1. Presença de um nível hidroaéreo no ceco e íleo terminal
          1. Distensão do delgado
          2. TC
            1. Exame de maior confiabilidade no diagnóstico da apendicite aguda
              1. Distensão do apêndice (diâmetro igual ou maior que 6 mm)
                1. Espessamento da parede do apêndice
                  1. Densificação da gordura pericecoapendicular
                  2. USG
                    1. Quando inflamado, ele se apresenta como uma estrutura em fundo cego, imóvel, não compressível, com lúmen anecoico, mucosa ecogênica e parede muscular espessada e hipoecoica ao seu longo, adjacente ao ceco, com diâmetro de 6 mm ou mais
                      1. Corte transversal, é vista uma imagem "em alvo"
                        1. Luz do órgão circundada pela parede espessada.
                    2. Diagnóstico diferencial de apendicite
                      1. Crianças
                        1. Baseado na idade e no sexo
                          1. Apendicite é pouco frequente abaixo dos 5 anos, sendo muito rara em lactentes
                            1. Doenças extra-abdominais
                              1. manifestar-se com desconforto e distensão abdominal, náuseas e vômitos
                                1. Otite média
                                  1. Pneumonia
                                    1. Meningite
                                  2. Diarreia
                                    1. Gastrenterite ou de infecção intestinal viral são mais prováveis
                                      1. Especialmente se houver pródromos de febre e mialgia
                                        1. Não excluir apendicite
                                      2. Mulheres jovens
                                        1. Maioria dos falsos diagnósticos de apendicite aguda
                                          1. Onde a incidência de problemas ginecológicos é alta
                                            1. Salpingite pode simular um quadro de apendicite
                                              1. + trompa direita
                                              2. Endometriose pélvica
                                                1. Rrenhez ectópica, sobretudo rota
                                                  1. Atraso menstrual de 2 meses
                                                    1. Dor aguda e sinais de hipovolemia
                                                      1. Na USG Sg no fundo do saco retovaginal
                                                      2. Torção ou a rotura de cisto de ovário
                                                        1. + direita
                                                        2. Toque vaginal que provoque dor abdominal
                                                          1. + Indicativo de doença ginecológica/ não exclui apendicite
                                                        3. Homem jovem
                                                          1. Orquiepididimite
                                                            1. Dor na fossa ilíaca direita
                                                            2. Torção do testículo
                                                              1. Litíase ureteral direita
                                                                1. Doença de Cronh
                                                                  1. Diarreia crônica e episódios de hematoquezia
                                                                  2. Torção de apêndice epiploico e a torção do grande epíplon podem mimetizar quadros de apendicite
                                                                  3. Idosos
                                                                    1. diverticulite aguda do sigmoide
                                                                      1. manifestar-se com dor na fossa ilíaca direita
                                                                        1. Duando houver redundância acentuada desta alça
                                                                  4. Inflamatório:
                                                                    1. Dor insidiosa e com piora progressiva, febre, peritonite localizada ou difusa
                                                                      1. apendicite, colecistite aguda, pancreatite aguda, diverticulite, doença inflamatória pélvica, abscessos intra-abdominais, peritonites 1° e 2°
                                                                        1. Perfurativa
                                                                          1. úlcera péptica, neoplasia gastro-intestinal perfurada, amebíase, febre tifóide, divertículos do cólon, perfuração iatrogênica de alças intestinais ou útero
                                                                            1. Dor com piora súbita, intensa, aguda e persistente, peritonite, palidez, sudorese, evoluido para o choque séptico se não tratado
                                                                              1. Obstrutiva
                                                                                1. Distensão, parada de eliminação de flatus e fezes, náuseas/vômitos
                                                                                  1. Aderências intestinais, hérnia estrangulada, fecaloma, obstrução pilórica, volvo, intussuscepção, cálculo biliar, corpo estranho, bolo de áscaris
                                                                                    1. Vascular
                                                                                      1. isquemia intestinal, trombose mesentérica, torção do omento, torção de pedículo de cisto ovariano, infarto esplênico
                                                                                        1. Dor intensa súbita, tipo cólica, desproporcional ao exame físico, podendo evoluir para peritonite
                                                                                          1. Hemorrágico
                                                                                            1. Dor súbita e sinais de choque hipovolêmico
                                                                                              1. Gravidez ectópica rota, ruptura do baço, ruptura de aneurisma de aorta abdominal, cisto ovariano hemorrágico, necrose tumoral, endometriose
                                                                                      2. Apendicite
                                                                                        Show full summary Hide full summary

                                                                                        Similar

                                                                                        fácies
                                                                                        Bruna Larissa
                                                                                        Exame Físico do Abdômen
                                                                                        Gabriel Rosário
                                                                                        Exame Físico Geral
                                                                                        anderson.icmc
                                                                                        Exame Físico Respiratório
                                                                                        Hyago Connor
                                                                                        SISTEMA RESPIRATÓRIO - SINAIS E SINTOMAS
                                                                                        Joyce Costa
                                                                                        SEMIOLOGIA
                                                                                        Karen Dalla Costa
                                                                                        Atitude e decúbito preferido
                                                                                        Ana Miranda
                                                                                        Revisão Semiologia Médica
                                                                                        Maria Clara Feitosa
                                                                                        Características Semiológicas da Dor
                                                                                        Marcos Teodoro