Sismos

brunadgf7
Mind Map by brunadgf7, updated more than 1 year ago
brunadgf7
Created by brunadgf7 almost 7 years ago
153
1

Description

Mapa Mental

Resource summary

Sismos

Annotations:

  • Consiste na VIBRAÇÃO das partículas dos materiais do globo terrestre originada pela LIBERTAÇÃO brusca de ENERGIA acumulada numa zona do interior da Terra, FOCO ou HIPOCENTRO.
1 Efeitos

Annotations:

  • Deslizamento de terras, destruição de construções, vibração do solo, abertura de falhas, ferimentos, perda de  vidas.
1.1 Tsunamis

Annotations:

  • Quando o sismo tem origem no fundo dos oceanos e ocorrer deslizamento vertical a energia sísmica é comunicada à massa oceânica, podendo formar-se um tsunami, onde a sua velocidade é directamente proporcional à profundidade do oceano.
2 Causas :
2.1 Sismos de colapso

Annotations:

  • Abatimento natural de uma gruta.
2.2 Sismos artificiais

Annotations:

  • Consequências da acção humana, trabalhos como, por exemplo, o enchimento de uma barragem. 
2.3 Sismos vulcânicos

Annotations:

  • Movimentação de magma.
2.4 Sismos tectónicos

Annotations:

  • Ocorrem nas imediações das fronteiras de placas tectónicas. Resultam da libertação de energia acumulada, na litosfera, durante os movimentos tectónicos.
2.4.1 Actuação de forças:
2.4.1.1 Compressivas
2.4.1.2 Distensivas
2.4.1.3 Cisalhamento
3 Frequentemente são detectados :
3.1 Abalos premonitórios
3.2 Abalo principal
3.3 Réplicas

Annotations:

  • Ocorridas após o sismo são abalos de menor dimensão que traduzem a existência de movimentos de reajustamento na falha.
4 Vantagens

Annotations:

  • Os sismos podem ser encarados positivamente, pois permitem a libertação fraccionada de energia que, se não acontecesse, resultaria numa acumulação insustentável, capaz de provocar uma catástrofe à escala global.
5 Provam que o planeta Terra é geologicamente activo.
6 Porquê estudar os sismos?

Annotations:

  • O estudo dos sismos, é para os cientistas, uma oportunidade para compreender melhor o interior da Terra. Grande parte do conhecimento que actualmente temos sobre a estrutura do interior da geosfera é baseado na interpretação do comportamento das ondas sísmicas que se propagam no interior da Terra.
7 Tipos de sismos :
7.1 Superficiais

Annotations:

  • A uma profundidade Maior que 70 km (zonas de rifte).
7.2 Profundos

Annotations:

  • A uma profundidade maior  300 km (zonas de "subducção" maiores sismos). 
7.3 Intermédios

Annotations:

  • A uma profundidade entre 70 e 300 km (zonas de "subducção" maiores sismos). 
8 Detecção e Registo

Annotations:

  • Ocorridas após o sismo são abalos de menor dimensão que traduzem a existência de movimentos de reajustamento na falha.
9 A avaliação sísmica pode dar-se através da determinação :
9.1 Intensidade

Annotations:

  • Avalia Qualitativamente em função dos efeitos provocados pelo sismos nas regiões atingidas.
9.1.1 Escala de Mercalli modificada

Annotations:

  • Assume um carácter subjectivo e impreciso, graduado de 1 a 12. As isossistas são linhas curvas fechadas que ligam pontos de igual intensidade. Logo, o epicentro do sismo situa-se dentro da isossista de maior intensidade.
9.2 Magnitude

Annotations:

  • Varia em função da amplitude máxima das ondas sísmicas verificadas nos sismogramas. Conjugada com a distância, permite calcular a energia libertada no hipocentro, independentemente do local onde a captação das ondas é feita. 
9.2.1 Escala de Richter

Annotations:

  • É uma escala quantitativa aberta, apesar de não se terem registado sismos de valor superior a 9.
10 Ressalto elástico
10.1 Teoria

Annotations:

  • Enunciada por Harry F.Reid, em 1911, após ter estudado o grande sismo que ocorreu em S.Francisco - (Califórnia, 1906).
10.2 Mecanismo

Annotations:

  • -> Há um movimento relativo de dois blocos rochosos de uma falha.        -formada na altura a que foi submetida uma rocha, resultante de tensões;        -ou já existe em que a energia acumulada foi suficiente para vencer o atrito entre eles. ->Após cessar o estado de tensão, os dois blocos rochosos regressam ao seu estado inicial, sem deformação.
10.3 Origina as ondas sísmicas
10.3.1 Ondas Superficiais ou L

Annotations:

  •   Quando as ondas internas interagem com a superfície da geosfera produzem as ondas superficiais. São ondas de grande amplitude com elevada capacidade destrutiva.   
10.3.1.1 Ondas de Rayleigh

Annotations:

  •   Agitam o solo num trajetória elíptica, propagando-se em meios sólidos e líquidos.     
10.3.1.2 Ondas de Love

Annotations:

  •   Não se propagam em meios líquidos, e varrem a superfície terrestre horizontalmente segundo movimentos de torsão, atacando os alicerces dos prédios.   
10.3.2 Ondas Internas

Annotations:

  • -Ondas com origem no foco que se propagam no interior da Terra em qualquer direção.
10.3.2.1 Ondas Primárias ou P

Annotations:

  •    Ondas de Maior Velocidade de propagação, Comprimindo e Distendendo a matéria que leva à alteração do volume dos materiais. É uma onda Longitudinal, pois as suas partículas vibram na mesma direcção de propagação. Propagam-se em meios sólidos, líquidos e até gasosos. Incidem verticalmente nas estruturas , pois a sua vibração é paralela à direcção de propagação, sendo atenuada pela massa das estruturas.   
10.3.2.2 Ondas secundárias ou S

Annotations:

  •   Deformam os materiais à sua passagem, sem alteração do seu volume.são ondas Transversais porque as partículas vibram perpendicularmente à direcção da propagação da onda. Deslocam-se a menor velocidade que as ondas P Incidem transversalmente nas estruturas, sendo mais destruidoras.   
11 Origem

Annotations:

  • A maior parte dos sismos é de origem tectónica, los limites das placas divergentes. É nessas zonas que as forças de atrito resultam numa maior deformação das rochas e, consequentemente, numa maior acumulação de energia potencial elástica que pode ser libertada a qualquer momento. Os sismos Intraplacas são resultado de falhas activas lá existentes.
12 Definição

Annotations:

  • É um movimento vibratório, brusco e de curta duração. Os sismos resultam da libertação rápida de grandes quantidades de  energia sob a forma de ondas sísmicas.
13 Parâmetros de caracterização sísmica
13.1 Hipocêntro

Annotations:

  • Também designado por foco é o local no interior da geosfera  onde ocorre a libertação de energia sísmica.
13.2 Epicentro

Annotations:

  • Local à superfície da Terra, situado na vertical do foco, onde o sismo é sentido com maior intensidade.
Show full summary Hide full summary

Similar

GCSE REVISION TIMETABLE
holbbox
Tema 1: La filosofía presocrática
Jocelyn Abigail Garcia Reyna
mi mapa conceptual
Magda Hernandez
SISTEMAS Y RELACIONES
cecy menchaca
Inglés - Verbos Compuestos II (Phrasal Verbs)
ALLISSON LABRE VALERO
Creación de
Lina Baldovino
LINEA DEL TIEMPO DE LA EVOLUCION DEL MICROSCOPIO
Naitha Hernandez
LINEA DEL TIEMPO DE LA EVOLUCION DEL MICROSCOPIO
Naitha Hernandez
1. DEFINICIÓN DEL QUIEBRE 2. ESCUCHA E INDAGACIÓN
Stefany De la cruz
ÁRBOL DE PROBLEMAS
Lucerito Jiménez
Mapa Mental para Resumir y Conectar Ideas
carlos ramirez