Tranquilizantes e Agonistasα2-adrenérgicos

Description

Tranquilizantes e agonistas α2-adrenérgicos - Alhena Karen Leal, Istéfany Teixeira - 5NMB
Alhena Karen Leal
Mind Map by Alhena Karen Leal, updated more than 1 year ago
Alhena Karen Leal
Created by Alhena Karen Leal over 4 years ago
34
2

Resource summary

Tranquilizantes e Agonistasα2-adrenérgicos
  1. Agonistas α2-adrenérgicos
    1. Xilazina
      1. Farmacodinâmica
        1. Age nos receptores inibindo a adenilato ciclase causando a diminuição do AMPc Resultando, portanto, na hiperpolarização dos neurônios Sem o AMPc os canais de Ca2+ dependentes de voltagem não serão abertos levando a supressão da informação no neurônio
        2. Farmacocinética
          1. Após administração por vias parenterais, a xilazina é rapidamente distribuída por vários tecidos Em particular no SNC e posteriormente é biotransformada.A principal via de eliminação é a renal
      2. Tranquilizantes Maiores
        1. Acepromazina
          1. Farmacocinética
            1. Apos absorvido, é amplamente distribuído pelos tecidos como fígado, pulmões e encéfalo a biotransformação (oxidação, hidroxilação e conjugação) sendo eliminados pela urina e fezes
            2. Farmacodinâmica
              1. Inibe os receptores dopaminérgicos centrais, produzindo sedação e tranquilização também apresenta ação antimuscarínica e bloqueia a noradrenalina em receptores adrenérgicos
            3. Clorpromazina
              1. Farmacocinética
                1. Sofrem diferentes processos de biotransformação (oxidação, hidroxilação e conjugação) sendo eliminados pela urina e também pelas fezes
                2. Farmacodinâmica
                  1. É um antagonista da dopamina de ação central. Inibindo sua ação como neurotransmissor, o que produz alguns efeitos similares aos da acepromazina e certa ação antiemética.
              2. Traquilizantes Menores
                1. Diazepam
                  1. Farmacocinética
                    1. Absorvidos pelo trato gastrointestinal A eliminação é principalmente pela urina na forma de metabólitos conjugados com o ácido glicurônico promovendo inativação do fármaco
                    2. Farmacodinâmica
                      1. Omecanismo de ação do diazepam parece ser via potencialização dos efeitos mediados pelos receptores GABAérgicos no SNC ao ligar-se ao sítio de ação do GABA
                    3. Midazolam
                      1. Farmacocinética
                        1. Absorvidos pelo TG A eliminação é realizada principalmente pela urina na forma de metabólitos conjugados com o ácido glicurônico promovendo inativação do fármaco
                        2. Farmacodinâmica
                          1. Deprimi o SNC se ligando a sítios específicos do GABA, modificando-os e aumentando a ação da molécula sobre as células nervosas.
                        3. Clonazepam
                          1. Farmacocinética
                            1. Absorvidos pelo TG A eliminação é realizada principalmente pela urina na forma de metabólitos conjugados com o ácido glicurônico promovendo inativação do fármaco
                            2. Farmacodinâmica
                              1. Aumenta os efeitos inibidores do GABA no SNC. Por seus efeitos gabaérgicos, possui atividade anticonvulsionante, apresenta propriedades sedativas e age sobre alguns distúrbios comportamentais
                          Show full summary Hide full summary

                          Similar

                          Anti-inflamatórios
                          Alhena Karen Leal
                          Anestésicos Inalatórios
                          Alhena Karen Leal
                          Drogas Que Atuam no Sistema Digestório
                          Alhena Karen Leal
                          Farmacologia do Aparelho Renal
                          Alhena Karen Leal
                          Medicamentos Que Atuam no Sistema Cardiovascular
                          Alhena Karen Leal
                          Anestésicos Injetáveis
                          Alhena Karen Leal
                          Agentes Antimicrobianos
                          Alhena Karen Leal
                          Antiparasitários
                          Alhena Karen Leal
                          Sistema Respiratório
                          bedamorim
                          Tecido Epitelial
                          bedamorim
                          Antibióticos
                          Drive Med