Anestésicos Inalatórios

Description

Anestésicos inalatórios - Alhena Karen Leal, Istéfany Teixeira - 5NMB
Alhena Karen Leal
Mind Map by Alhena Karen Leal, updated more than 1 year ago
Alhena Karen Leal
Created by Alhena Karen Leal over 4 years ago
109
4

Resource summary

Anestésicos Inalatórios

Annotations:

  • O objetivo de se usar os anestésicos inalatórios é alcançar uma pressão parcial de anestésico no cérebro suficiente para deprimir a função do SNC.
  • São administrados e removido do organismo pelos pulmões Permitem um ajuste rápido da profundidade anestésica
  1. Halotano - Isoflurano - Enflurano - Metoxiflurano - Sevoflurano - Desflurano
    1. Farmacocinética
      1. A profudidade anestésica é determinada pela pressão parcial do anestésico no cérebro. Para alcançar o cérebro as moleculas de gás anestésico devem se difundir ao longo de uma serie de gradiente de pressão parcial, do ar inspirado para o alvéolo, do alvéolo para o sangue e do sangue para o cérebro.
        1. Biotransformação e Eliminação
          1. Halotano de 60 a 80% deste absorvido são eliminados inalterados no gás exalado, nas primeiras 2 h após sua administração
            1. Enfluorano Cerca de 80% deste administrado podem ser recuperados inalterados no gás expirado; do restante, cerca de 2 a 5% são biotransformados no fígado
              1. Isofluorano Com relação a este, sabese que apenas 0,2% do total deste anestésico inalado é biotransformado
                1. Sevofluorano menos de 5% do que é captado sofrem biotransformação. Os principais produtos da biotransformação são os fluoretos inorgânicos, que são rapidamente excretados pela urina.
                  1. Metoxifluorano sofre biotrnasformação hepatica aproximadamente 50% do agenteinalado é biotransformado
                    1. Desflurano um aspecto desejável é a sua baixa taxa de biotransformação, apenas 0,02% da dose inalada sofre biotrnasformação
                2. Farmacodinâmica
                  1. O mecanismo pelo qual os agentes anestésicos inalatórios produzem anestesia é, até os dias de hoje, controvertido. Algumas teorias, agrupadas como clássicas, tentam explicar o fenômeno por meio das propriedades fisico-químicas dos anestésicos, ao passo que as chamadas teorias modernas ocupam-se com os efeitos destes anestésicos sobre as propriedades bioquímicas e biofísicas das células
                    1. Clássicas - Teoria da lipossolubilidade
                      1. Modernas - Teorias bioquímicas, Teoria dos hidratos, Teoria da expansão
                    2. Efeitos dos Anestésico Inalatórios
                      1. Sistema Nervoso Central - depressão reversível, potente vasodilatação com aumento do fluxo sanguíneo cerebral
                        1. Sistema Respiratório - depressão da ventilação alveolar
                          1. Sistema Cardiovascular - redução do débito cardíaco
                            1. Figado - toxidade, lesóes hepatocelular
                              1. Rins - reduzem o fluxo sanguíneo renal e a taxa de filtração glomerular, nefrotoxidade
                                1. Musculatura Esquelética - pequeno efeito de relaxamento muscular resultado direto da depressão do SNC
                              Show full summary Hide full summary

                              Similar

                              Anti-inflamatórios
                              Alhena Karen Leal
                              Drogas Que Atuam no Sistema Digestório
                              Alhena Karen Leal
                              Farmacologia do Aparelho Renal
                              Alhena Karen Leal
                              Tranquilizantes e Agonistasα2-adrenérgicos
                              Alhena Karen Leal
                              Medicamentos Que Atuam no Sistema Cardiovascular
                              Alhena Karen Leal
                              Anestésicos Injetáveis
                              Alhena Karen Leal
                              Agentes Antimicrobianos
                              Alhena Karen Leal
                              Antiparasitários
                              Alhena Karen Leal
                              Sistema Respiratório
                              bedamorim
                              Tecido Epitelial
                              bedamorim
                              Antibióticos
                              Drive Med